Quatro Por 4 | Não fale com estranhos, de Harlan Coben

Oies Bookaholics!

A leitura escolhida para este mês também entrou para a minha TBR da Maratona Literária de Volta às Aulas, cumprindo os desafios 1 e 8, respectivamente: livro indicado por alguém que não seja booktuber e  livro que você ainda não leu de um autor que você adora. 😉

NAO_FALE_COM_ESTRANHOS_1461607413580699SK1461607413B

  • Título original: The stranger
  • Autor: Harlan Coben
  • Editora: Arqueiro
  • País: Estados Unidos
  • Lançamento: 2015 – Lançamento Brasil: 2016
  • Gênero: Ficção
  • 304 Páginas
  • Classificação: 5/5 ❤

 

Sinopse: O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis.
Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira?
Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos.
Intrigante e perturbador, Não Fale Com Estranhos é mais que um suspense de tirar o fôlego. É uma reflexão sobre o bem e o mal, o amor e o ódio, o certo e o errado, os segredos, as mentiras e suas consequências devastadoras.

 

Bora conferir as 4 impressões sobre o livro?! 😉

  • Camila (A Bookaholic Girl)

SEM PALAVRAS.png

Como falar de um livro do Harlan Coben sem dar nenhum spoiler? Tarefa quase impossível! Eu adoro a escrita e o estilo do autor, e apesar da quantidade de livros que já li, fui totalmente surpreendida com o desfecho de “Não fela com estranhos”. Os elementos da narrativa favoreceram a muita tensão, adrenalina e suspense ao longo da leitura, me fazendo devorar o livro. Numa espécie de quebra-cabeça em que aparentemente nenhuma peça faz sentido, a história leva a uma reflexão sobre a (não) segurança e anonimidade na internet,  confiança e segredos, revelando uma frieza que eu jamais tinha visto nos trabalhos do autor. O livro se tornou uma das minhas leituras preferidos do ano, e sem sombra de dúvidas, maior admiração à genialidade do “mestre das noites em claro”. Super recomendo!

 

INTRIGANTE.png

Quando acabei o livro, fiquei pensando: Cara, o que um segredo não faz com as pessoas hein? A medida que ia lendo o livro, fui ficando cada vez mais empolgada, o Harlan escreve muito bem! Todo final de capítulo me deixava mais ansiosa para saber como ia acabar a história. No começo pensei que ia ficar meio perdida, porque cada vez mais apareciam novos personagens, mas depois tudo meio que se conectou e nos levou para um final que foi maravilhoso, mas que não me surpreendeu muito, por que eu fui criando teorias e acabou que uma delas estava certa! Acertei em cheio (e não fiquei feliz com isso 😞). Fui na expectativa que não ia ser aquilo, que acabaria diferente, e ainda fiquei sentido que tem uma continuação por aí, não sei, posso estar enganada. Mas se existir essa continuação quero ler!

 

ENVOLVENTE.png

Foi a primeira vez que li um livro do Harlan e já posso adiantar que foi uma experiência bem impactante!

Em “Não Fale com Estranhos” somos embalados por uma narrativa onde o foco principal são os segredos que as pessoas escondem ou pelo menos é o que tentam fazer. São abordados algumas situações envolvendo personagens diferentes e seus respectivos segredos que em um determinado momento são entrelaçados. Um enredo fluido que envolve o leitor desde o começo e o faz querer chegar ao desfecho rapidamente para encontrar a solução acerca do mistério principal.

Apesar de ter sido difícil aceitar o desfecho, eu gostei da história! A escrita do Harlan é muito cativante, o suspense abordado em sua obra ao mesmo tempo que deixa o leitor assustado, também o deixa intrigado e curioso!

Naquele dia ele mais uma vez fora lembrado do óbvio: o mundo não está nem aí para nós e muito menos para os nossos pequenos problemas. Difícil de engolir, certo? Nossas vidas são destroçadas, e ninguém sequer repara.

 

INTRIGANTE

Harlan tem o dom de me prender em suas obras, sempre com um grande mistério a ser resolvido por personagens determinados a resolverem seus problemas. Seus suspenses sempre tem todas as pontas muito bem amarradas e neste livro não foi diferente. Adam, o protagonista, é abordado por um estranho que o provoca, colocando em cheque tudo que ele acreditava sobre a sua vida e sobre sua família. Em dúvida sobre a paternidade de seus filhos, ele inicia uma busca pela verdade e aí é que começa o verdadeiro desenrolar da trama. Segredos e mentiras realmente podem destruir uma estrutura, essa foi a mensagem que o livro me passou com muita clareza. E mesmo que você passe a leitura matutando e criando mil teorias, o final consegue impressionar um pouco por você não acreditar que seria aquilo. Eu prefiro ler obras narradas em primeira pessoa, mas esta ter sido em terceira deu um “a mais” para sabermos o que realmente está se passando com as personagens no contexto completo.

 

A próxima leitura do projeto será…

 

Simplesmente acontece (Cecelia Ahern)

 

SIMPLESMENTE_ACONTECE_1408644221B.jpgSinopse: O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

 

Me digam nos comentários se já leram alguns dos livros indicados nesse post, quero saber se gostaram, quais foram as suas impressões 😉

 

Até o próximo post!
EST. 2015

 

Me acompanhem nas redes sociais *Skoob / *Instagram / *Facebook / * Filmow

11 Comentários

  1. Gio Souza - Atraídos Pela Leitura · · Responder

    Já li e desenhei esse livro a algum tempo. Achei a narrativa bem lenta nas primeiras páginas, mas depois a história fica interessante. Foi o primeiro livro desse autor que eu li.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Gio! Leva um tempinho mesmo, mas acho que é proposital, mas eu confesso que fiquei bem agoniada querendo saber de tudo 😉 Amo os livros do Harlan Coben ❤ Espero que vc curta os demais tbm! Bjos ❤

      Curtido por 1 pessoa

    2. Gio Souza - Atraídos Pela Leitura · · Responder

      *resenhei

      Curtido por 1 pessoa

      1. Vou conferir sua resenha 😉 Bjos

        Curtido por 1 pessoa

  2. Eu li esse livro no fim do ano passado e não lembro dos detalhes mas lembro q gostei muito! Isso que dá ler um livro atras do outro kkkkkkkk
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Re! Hahaha é assim mesmo, impossóvel guardar todos os detalhes 😉 Bjos

      Curtir

  3. […] fazia parte da leitura do mês do Projeto Quatro por 4, e além das minhas impressões, no post Quatro Por 4 | Não fale com estranhos, por Harlan Coben vocês podem conferir mais 3 opiniões sobre […]

    Curtir

  4. […] Essa foi uma leitura do Projeto Quatro Por 4 e não me decepcionou porque Harlan Coben é um dos meu autores preferidos da vida! ❤ Confiram: Quatro Por 4 | Não fale com estranhos, por Harlan Coben […]

    Curtir

  5. […] >> Quatro Por 4 | Não fale com estranhos, por Harlan Coben […]

    Curtir

  6. […] nessa vibe de suspense, a Editora Arqueiro anunciou que a adaptação de Não fale com estranhos, um dos meus livros preferidos de um dos meus autores preferidos Harlan Coben, está próxima. Em […]

    Curtir

  7. […] Mas o que me incomodou muito na leitura foi que a estrutura me pareceu muito cansativa, isso porque até 60% do livro eu não estava fissurada na história a fundo? E estamos falando de um livro com quase 600 páginas! O desaparecimento de Stephanie Mailer me fez perceber que eu não sou muito fã de romances policiais, por ter que ficar acompanhando cenas repetitivas do tipo: fomos à delegacia, voltamos da delegacia, seguimos tal pista, etc… Para mim o que funciona melhor são os suspenses psicológicos, como Garota Exemplar, de Gillian Flynn, A garota no trem e os livros do Harlan Coben, como Não fale com estranhos. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: