Leituras de Setembro/2020 | Lendo autores nacionais, Kindle Unlimited e 7 livros lidos

Oies Bookaholics!

Esse post é para falar sobre as minhas leituras durante o mês de setembro. Consegui ler um número considerável por vários fatores: eu estava em férias nas duas primeiras semanas, li vários livros no Kindle, o que torna a leitura mais rápida e também os livros eram curtos em sua maioria.

Posts que foram publicados no mês de setembro

Antes de tratar propriamente dessas leituras, vou resumir os posts que saíram:

Sobre as leituras de Setembro

Fiquei feliz porque dos sete livros lidos, cinco foram de autores nacionais e venci também o meu medo de ler poesia!

1. Flores amarelas, de Rodolpho Carvalho

3 ★ – Disponível no Kindle Unlimited

Se a nossa história fosse a da Cinderela no século 21, ela bem que poderia começar assim: com música, dança, festa e fadas madrinhas que deixam as coisas mais complifusas do que maravibelas. A diferença é que não estamos falando de Cinderela e muito menos de uma história mágica desse jeito. Vitor só quer voltar à normalidade depois do fim de namoro até que sua melhor amiga resolve levá-lo para tomar um açaí e ele conhece Luan, que parece ter saído de um conto de fadas. Eles só não contavam que Pedro, o ex-namorado de Vitor, resolvesse que as coisas entre os dois ainda pudessem levá-los a algum lugar. Caberá a Vitor escolher entre Luan ou voltar a viver como sempre viveu junto com Pedro. Inspirado por Floribella, Flores Amarelas traz uma história de amor, de aventura e de magia que se passa no mesmo universo de seu conto Um Respingo de Tinta e que vai fazer seu coração bater mais forte.

2. Um caminho para a liberdade, de Jojo Moyes

5 ★ ❤

Leitura com debate maravilhoso no Clube do Curinga.

3. Tudo nela brilha e queima, de Ryane Leão

4 ★ – Disponível no Kindle Unlimited

Estreia em livro de Ryane Leão, criadora da página onde jazz meu coração, com mais de 150 mil seguidores nas redes Livro de estreia de Ryane Leão, mulher negra, poeta e professora, criadora do projeto onde jazz meu coração, com mais de 150 mil seguidores nas redes. ‘a poesia é minha chance de ser eu mesma diante de um mundo que tanto me silencia. é minha vez de ser crua. minha arma de combate. nossa voz ecoada. nossa dor transformada. nela eu falo sobre amor, desapego, rotina, as cidades que nos atravessam, os socos no estômago que a vida dá, o coração desenfreado, a pulsação que guia as estradas, os recomeços, os dias, as noites, as madrugadas, os fins, os jeitos que a gente dá, as transições, os discos, os tropeços, as partidas, as contrapartidas, os pés firmes que insistem em voar, e tudo isso que é maluco e lindo e nos faz ser quem somos.’

4. Cale-se para sempre, de Renata Lustosa

3 ★ – Disponível no Kindle Unlimited

Olívia Florence, dona de uma empresa de organização de eventos, não consegue acreditar em seu azar! Ser descaradamente paquerada pelo noivo cujo casamento está organizando não era bem o que esperava, justo em se tratando do único trabalho que conseguiu fechar em meses. Após rejeitá-lo, ela agora precisa resolver o terrível dilema: deve fazer o que manda sua honestidade e impedir que a noiva se case com um cafajeste? Ou melhor seria permanecer calada, já que perder esta cliente significaria a falência de sua pequena empresa, a “Dois Pombinhos”, que já anda mal das pernas há muito tempo? Entre festas de casamento, champanhe e um bonitão de terno e gravata, Olívia está prestes a descobrir que o cupido também lhe reserva uma bela surpresa. Um conto do gênero chick lit, da mesma autora de “Confissões de uma terapeuta”.

5. Sobre o que estava tentando dizer , de Elizza Barreto & Fernanda Rodrigues

3 ★ – Disponível no Kindle Unlimited

Em jornadas criativas distintas, Elizza Barreto e Fernanda Rodrigues apresentam poesias que atravessam seus cotidianos, acessam espaços atemporais, presentes, em trânsito. A primeira parte do livro versa sobre a nostalgia do passado e a saudade de um futuro que teima em nunca existir, com memórias vivas de meses que se repetem todos os anos e contam histórias que parecem ser as mesmas, mas não são. Na segunda, é possível pensar a poesia como parte de um álbum de fotografias que abraça a natureza, os barulhos de uma madrugada, o gosto das coisas que nunca se provou, mas sabe-se exatamente como são sentidas na boca. Como em uma dança, os sentidos distintos e dispostos das autoras se encontram e provocam frio na barriga.

6. Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur

3 ★ – Disponível no Kindle Unlimited

‘outros jeitos de usar a boca’ é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.

7. Encarceramento em massa, de Juliana Borges

5 ★ ❤

Por que fazer um livro sobre encarceramento, sistema de Justiça Criminal punitivo e feminismo negro? Qual é o ponto de conexão entre estas pautas? Por que prisão, punição, superencarceramento interessa às mulheres, prioritariamente às mulheres negras? Pode parecer fora de lugar falar em racismo, machismo, capitalismo e estruturas de poder em um país que tem em seu imaginário a mestiçagem e a defesa como povo amistoso celebrada internacionalmente. Contudo, parece absolutamente pertinente refletir, escrever, falar e lutar nestas pautas quando os dados estatísticos nacionais provam o contrário do discurso comemorado e largamente difundido.

Me digam nos comentários como e quais foram as leituras que vocês fizeram durante o mês de setembro, vou adorar saber!

Até o próximo post.

Redes sociais *Skoob/ *Goodreads/ *Instagram/ *Facebook/ * Filmow

um comentário

  1. Olá!

    De todos os livros que você leu em setembro, só o da Rupi Kaur. Fiquei com vontade de ler o da Jojo e o da Juliana Borges.

    Que outubro traga ótimas leituras para você! Vai fazer alguma leitura temática de Halloween?

    Até mais,

    Samantha Monteiro
    Degrau de Letras
    https://degraudeletras.wordpress.com/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: