Leituras de Agosto/2020 | Testando novos formatos, a jornada Anna Kariênina e mais 3 livros lidos

Oies Bookaholics!

Testando novos formatos

Depois de dois meses focados na Licenciatura, o mês de agosto foi dedicado às leituras e alguns experimentos também. Resolvi testar alguns formatos novos no Instagram, porque na realidade eu não tenho lá muita criatividade para criar fotos incríveis. Apesar do trabalho, tenho gostado bastante do resultado e do feedback que as pessoas têm deixado para mim 🙂

Confesso que apesar de amar o meu blog e pelo trabalho que venho desenvolvendo desde 2015, estou um pouco saturada daqui nos últimos meses e venho interagindo com muito mais frequência no Instagram. Ao mesmo tempo em que parece que como criador de conteúdo você tem a necessidade de ficar interagindo constantemente para que a plataforma não mude o seu alcance de público. Infelizmente o blog não tem me dado o retorno que eu gostaria, e o retorno lá também é mais rápido e prático. Mas calma, não vou abandonar o blog, assim eu espero!

Posts que foram publicados no mês de agosto

Deixando de lado esses meus dilemas, quero resumir os posts que foram publicados aqui no mês de agosto:

Uma jornada maravilhosa chamada Anna Kariênina

Falando especificamente agora sobre as leituras, o mês de agosto foi marcado por diversas leituras, mas principalmente o clássico russo Anna Kariênina, de Leon Tolstói. E a leitura foi uma jornada incrível, que além de se tornar uma das minhas obras favoritas da vida, me trouxe tantas reflexões que acabei fazendo alguns posts além da resenha:

E outros post que optei deixar apenas no Instagram, como esse sobre as duas adaptações do filme que eu assisti:

View this post on Instagram

🤔 Vocês costumam assistir adaptações dos livros que leem? Resolvi assistir à duas adaptações de Anna Kariênina. Seria injusto comparar um livro de mais de 800 páginas com um filme, por isso resolvi comparar dois filmes adaptados da obra de Tolstói. Sei que há diversas adaptações, mas optei por apenas duas, as que estavam com o acesso mais facilitado. Ambos os diretores optaram por concentrar seus filmes nos romances de Anna e Vronsky, Kitty e Lievin. Já sabendo que não teria a menor possibilidade da totalidade do livro nos filmes, confesso que não tinha muitas expectativas, e ambas me deixaram insatisfeita que detalhes cruciais da trama. A segunda adaptação apresentou os personagens de maneira estereotipada, apesar de ser um filme visualmente bonito, mas que forçava ao tentar passar as cenas como se fosse uma peça de teatro. Por isso, entre as duas adaptações a primeira me pareceu mais “séria” e conseguiu me tocar mais, mesmo que tenha mudado alguns aspectos essenciais da trama original. Por mais que tenha gostado de ambas as atuações das atrizes principais, Sophie Marceau estava melhor no papel. Em contrapartida não gostei de nenhum dos atores que interpretaram Vronsky. Por fim, acho que a melhor opção seria uma adaptação no formato de série, para assim contemplar com maior profundidade aquilo que o livro retrata. . . . #annakarienina #annakarenina #leontolstoi #tolstoy #Book #Books #Bookaholic #ABookaholicGirl #bookshelf #Instabook #instareading #lendo #bookish #instalibros #ilovereading #libros #instalivros #bookstagram #instaread #LoveBooks #AmoLivros #AmoLer #VamosLer #quarentena #ficaemcasa #livrosclassicos #literatura #leiaclassicos #literaturarussa #russianliterature

A post shared by A Bookaholic Girl (@a_bookaholic_girl) on

E esse outro sobre a rivalidade livros clássicos x livros contemporâneos:

View this post on Instagram

🤔 Como se motivar a ler livros clássicos? Antes de ler "Anna Kariênina" eu li "Tash e Tolstói" , um livro que ganhei de sorteio em um evento e que estava abandonado aqui na minha estante. Após ler as duas obras fiquei pensando em como ler o livro de Young Adult me motivou a ler a obra canônica.  Um dos grandes embates que sempre achei desnecessário na faculdade de Letras era o desmerecimento de livros best-sellers, por serem considerados inferiores aos livros clássicos renomados. Acredito que a literatura é, e deve ser, plural, abrangendo todos os tipos de leitores, sem que tenha preconceitos sobre o que se lê, afinal somos um país que mal consome literatura. Cursar nesse momento a Licenciatura em Letras trouxe ainda mais para mim a necessidade de se pensar para quem se destina a literatura e ainda mais: como é possível criar o incentivo à leitura? Mesmo porque muitos de nós tivemos e muitos outros têm aulas sofridas de literatura e acabam considerando que todas os livros clássicos são chatos, maçantes ou difíceis de ler.   Confiram a reflexão nas imagens. . . . . #annakarienina #annakarenina #leontolstoi #tolstoy #Book #Books #Bookaholic #ABookaholicGirl #bookshelf #Instabook #instareading #lendo #bookish #instalibros #ilovereading #libros #instalivros #bookstagram #instaread #LoveBooks #AmoLivros #AmoLer #VamosLer #quarentena #ficaemcasa #livrosclassicos #literatura #leiaclassicos #literaturarussa #russianliterature

A post shared by A Bookaholic Girl (@a_bookaholic_girl) on

Sobre as demais leituras de Agosto

O casamento, de Tayana Alvez (Duologia Com amor, Dublin – Livro 2)

5 ★ ❤

Esse livro me proporcionou uma experiência tão incrível que até fiz um post com as passagens mais marcantes:

A rede de Alice, de Kate Quinn

5 ★ ❤

Mais uma leitura favorita do mês e leitura conjunta do Clube do Curinga, além de mais um debate maravilhoso ❤

Falando o mais rápido que posso, de Lauren Graham

4 ★

Não falei especificamente ainda sobre esse livro, mas vai ter post sobre daqui a alguns dias.

Me digam nos comentários como e quais foram as leituras que vocês fizeram durante o mês de agosto, vou adorar saber!

Até o próximo post.

Redes sociais *Skoob/ *Goodreads/ *Instagram/ *Facebook/ * Filmow

7 Comentários

  1. Amei seu post! Não nos abandone!rs

    Curtir

  2. Gio - Atraídos Pela Leitura · · Responder

    Adorei os seus posts no ig! Também sei o quanto é trabalhoso manter um blog atualizado e, infelizmente, não obter nenhum retorno. Mas não desista n! ♥

    Curtir

  3. Acho que todo mundo que ainda insiste em ter blogs nesses tempos tem estado meio desanimado. Realmente a maioria migrou para o instagram. Eu tenho muita dificuldade também em produzir conteúdo por lá, ainda gosto mais do blog, Porem, como você disse, o retorno é quase zero e a gente perde a empolgação.
    Sinceramente eu não sei o que fazer, não sei se desisto do blog, mas ao mesmo tempo não tenho vontade de produzir no insta, acho que vou continuar falando sozinha… hehehe!
    Enfim, eu estarei sempre aqui enquanto você produzir conteúdo nesse blog maravilhoso! Bjks

    Curtir

    1. Oie Flávia… Meu nível de desânimo se reflete até agora, olha o tempo que eu demorei para te responder. Sorry! Obrigada pelo apoio, como sempre! ❤

      Curtir

  4. Oi mulher ❤ Sei que tô sumida daqui… enfim
    É verdade, o retorno no Insta é bem mais rápido, mas você construiu algo grande aqui! Eu sou admiradora do seu trabalho tem tempo, e imagino que muitos curtem o conteúdo postado aqui, pois você tem mais espaço para se expressar.
    Mas o que você resolver, estamos aqui. :*
    (Amei o novo formato de post no Insta)

    Curtir

  5. […] das minhas leitura do mês de agosto foi Falando o mais rápido que posso, e tenho cinco motivos para incentivar vocês a também lerem […]

    Curtir

  6. Adorei suas leituras rs, não só a que você mais um vez leu conosco. Quanto à interação, eu sinto um pouco o contrário. No insta, se eu não interajo, se não posto nada por1 dia, já começam a cair os números e isso me deixa triste de verdade. Como se eu não fosse digna de estar lá por não estar produzindo, sabe? Já no blog, eu fico às vezes uma semana com um único post, e quando vou olhar as estatísticas, sou pega de surpresa com um número maior de visitantes, então me sinto bem mais confortável por aqui, sem pressão alguma, sabe? Fora que consigo programar os posts pra sempre ter conteúdo, o que no insta demanda, por menor que seja, um certo tempo para postar na hora, tempo que às vezes não tenho. Mas entendo você. Siga firme onde você se sente mais à vontade!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: