A Bookaholic Girl Indica | Little Fires Everywhere: a série é melhor que o livro

Oies Bookaholics!

Hoje quero falar da adaptação do livro Pequenos incêndios por toda a parte, da autora Celeste Ng. Sim, o livro foi adaptado para uma minissérie de 8 episódios, produzida pela Hello Sunshine, a produtora da Reese Whiterspoon, e exibida pela Hulu (que ainda não tem no Brasil, mas que a gente sabe muito bem como obter séries e filmes online 😉 ).

Atualizando: a série estará disponível na Prime Video (Amazon) a partir do dia 22 de maio, aproveitem e depois venham conversar comigo!

Sem spoilers!

556

Um encontro entre duas famílias completamente diferentes vai afetar a vida de todos. A dona de casa perfeita Elena Richardson (Reese Witherspoon) aluga a casa de hóspedes à Mia Warren (Kerry Washington), uma artista solteira e enigmática que se muda para Shaker Heights com sua filha adolescente. Em pouco tempo, as duas se tornam mais do que meras inquilinas: todos os quatro filhos da família Richardson se encantam com as novas moradoras de Shaker. Porém, Mia carrega um passado misterioso e um desprezo pelo status quo que ameaça desestruturar uma comunidade tão cuidadosamente ordenada.

Para quem gostou de Big Little Lies provavelmente também vai adorar Little Fires Everywhere, já que ambas as séries tratam das complexas relações familiares numa comunidade e principalmente a temática da maternidade em diferentes contextos. Além é claro de um ponto em comum: Reese Whiterspoon, uma mulher que tenho cada vez mais admiração pelo seu trabalho.

Quando eu li o livro eu senti falta de algo na escrita da autora, o que me deixou um pouco decepcionada. Entretanto a minissérie me conquistou de tal forma que se tornou uma das minhas favoritas ❤ Mesmo conhecendo bem o enredo e as reviravoltas que a trama de Celeste Ng aborda, eu fiquei tão empolgada que assisti tudo num único dia. Sendo uma adaptação é claro que nem tudo que há no livro será utilizado, inclusive na série alguns fatos são modificados, inclusive o final, mas eu amei! E é um daqueles casos raros de “prefiro o filme/série ao livro” ❤

 

Um ponto essencial que eu senti assistindo e que não me tocou durante a leitura foi as diferenças raciais. No livro me pareceu que esse ponto ficou mais voltado à questão da guarda da bebê chinesa, mas a série traz Mia Warren e Pearl Warren  negras, trazendo diversas cenas repletas de racismo. E isso é extremamente louvável, visto que a série se passa majoritariamente no ano de 1997 e ao adaptar a história nos dias atuais deu ênfase a uma questão ainda muito difícil de combater. As atrizes Kerry Washington (Mia) e Lexi Underwood (Pearl) estão incríveis em suas atuações e fica impossível não se emocionar com a relação que as duas têm, principalmente com os embates provocados a partir do momento em que elas se mudam para Shaker Heights.

lfe-hulu-1587575578

 

Reese Whiterspoon como Elena Richardson está maravilhosa também, uma mulher branca e rica e que segue determinados padrão para ser perfeita, que tem tudo planejado, não só a agenda com o compromisso dos quatro filhos, como também os dias específicos para ter relações sexuais com o marido, e em alguns episódios isso chega a ser bizarro. Mas além de ter essa mulher toda estereotipada em determinados padrões, achei muito interessante que a série colocou a crise da personagem quando ela engravidou pela quarta vez: a necessidade de abandonar sua carreira como jornalista. Com isso ela tem uma certa aversão ao bebê, se afasta da criança, gerando conflitos entre elas. Izzy sente que é tratada diferente dos seus irmãos, e faz de tudo para não ser diferente, pensar e agir por si mesma. Ela é considerada a estranha (ovelha negra) da família por não seguir o padrão de Elena.

little-fires-everywhere-ep-8-reese

 

A minissérie trouxe em alguns episódios o passado de alguns personagens e seus motivos para as ações que impactaram suas vidas, e eu achei muito bom situar o público dessa forma, com atores mais jovens nos papeis principais. Assim como a questão da raça, a minissérie também traz uma abordagem sobre sexualidade, bullying, relacionamento interracial, gravidez e aborto. Little Fires Everywhere é sem dúvidas um meio de tratar de tantas questões tão necessárias para discussão, chamando a atenção dos telespectadores e nos levando à reflexão de situações complexas que fogem do certo e errado.

Apesar de diversas tramas serem concluídas, o desfecho dá margem a uma segunda temporada, principalmente se for seguir o sucesso de Big Little Lies. E ainda, duvido muito que a série passe despercebida nas premiações, torço muito para o Emmy valorizar Reese e Kerry ❤

 

Até o próximo post!

Redes sociais *Skoob/ *Goodreads/ *Instagram/ *Facebook/ * Filmow

 

 

 

 

 

 

12 Comentários

  1. Bom dia! Depois desse post, fiquei com muita vontade de assistir. Faz algum tempo que li o livro, vai ser interessante relembrar a história. Eu pensei exatamente a mesma coisa: se fizer sucesso, vão continuar numa segunda temporada igual Big Little Lies. (Apesar de amar o elenco e a produção, eu não queria que tivesse segunda temporada, sinto que há grandes chances de eles estragarem a história e as personagens se continuarem a explorar a trama por dinheiro, sabe?) Quando ao Emmy, se for repetir o que aconteceu com Big Little Lies, não só serão indicadas como ganharão tudo! Hahahaha A Reese é muito esperta, ela com essa produtora dela tem um olhar certeiro para boas histórias, né?

    Beijo,
    Brenda

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim, Brenda , estou cada vez mais amando o trabalho de curadoria incrível que a Reese vem fazendo, e olha que nem li ainda os famosos do ano passado Daisy Jones e Evelyn Hugo. E super concordo com vc sobre a segunda temporada de Big Little Lies, foi interessante, mas nem deveria ter acontecido… Bjos

      Curtir

  2. Menina, to louca para ler e assistir. Sem falar que a Reese é uma diva, amo os filmes e séries que ela atua.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Mulher, ultimamente quero assistir tudo em que essa mulher tá envolvida, além de ler os livros que ela indica no seu clube do livro, histórias incríveis escritas por mulheres. Dia 21 a série estreia no Prime Video 😉

      Curtir

  3. Ai, já fiquei com vontade de assistir! Eu amei Big Little Lies (mas só a primeira temp), e adoro a Reese! A Pearl é a garota que fez The Hate U Give? Se for, também amei a atuação dela!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Isa! Ah mais uma sensata sobre a segunda temporada de Big Little Lies 😉 E não a Pearl não é a mesma garota de The Hate U Give!

      Curtido por 1 pessoa

  4. Já estou ansiosa para assistir, não li o livro, mais o seu post mei incentivou a ver a série. Amo o trabalho da Reese e da Kerry!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Nathy! Fico feliz por isso, a série estreia dia 21 no Prime Video 😉 Estou cada vez mais interessada em tudo o que a Reese está envolvida rs e conheço pouco do trabalho da Kerry, mas amei. Queria muito assistir Scandal, mas além da série ser enorme, na Netflix só tem disponível as temporadas 3 e 7, vai entender…

      Curtido por 1 pessoa

      1. Scandal é maravilhosa demais!! Eu vi ate a quinta temporada eu acho, depois tenho que terminar hahaha

        Curtir

  5. […] Little Fires Everywhere: a série é melhor que o livro […]

    Curtir

  6. […] Também saiu post aqui no blog Little Fires Everywhere: a série é melhor que o livro […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: