Diário da Faculdade | Como foi a minha rotina de estudos para o Enem e Fuvest

Oies Bookaholics!

Continuando a série de posts sobre a minha experiência na preparação para os vestibulares, lembrando que já falei sobre As minhas experiências com a Fuvest, o vestibular da USP e também se Vale a pena fazer cursinho pré-vestibular?. É frequente eu receber dúvidas de como foi a minha rotina de estudos e quais conteúdos se deve focar para quem também quer ingressar em Letras e vou tentar retratar aqui como funcionou para mim.

Mas falando especificamente sobre a minha rotina de estudos eu tive a oportunidade de além de fazer cursinho também conseguir uma rotina diária (exceto finais de semana) de estudo. Eu trabalhava num lugar em que tinha muito tempo disponível, assim, eu tinha um amigo lá que sempre me incentivava a aproveitar esse momento e estudar o máximo possível, ele é formado em Química e me ajudava nas matérias de exatas.

E aqui vai uma dica que me ajudou muito: cerque-se de pessoas que motivam: nem todo mundo compreende o seu sonho/objetivo de ingressar numa universidade pública, principalmente se você não for tão jovem assim, casado, com filhos etc, ainda mais se decidir escolher por um curso não tão valorizado como o curso de Letras. 

De modo geral eu revisava o conteúdo das aulas assistidas no cursinho e complementava  os conteúdos com as apostilas e internet alguns pontos que eu não tinha muito conhecimento. Além disso também refazia os exercícios de provas anteriores assistindo a resolução dos exercícios para entender os mecanismos utilizados. E isso é fundamental porque o candidato precisar conhecer bem as provas que ele vai prestar. Meu foco em 2014 era o Enem porque minha prioridade era ingressar na Unifesp via Sisu, mas também acabei prestando a Fuvest. São duas provas completamente diferentes e com níveis diversos de exigências. Mas antes de falar sobre a minha estratégia adotada em relação aos conteúdos tenho outra dica.

É extremamente difícil manter o foco e estudar, porque eu achava extremamente chato estudar assuntos que eu não gostava. É muito mais prazeroso gastar nosso tempo nas redes sociais, ainda mais agora com uma infinidade de canais no YouTube e até os serviços de streaming com séries e filmes à disposição quando a gente quiser. Eu estava viciada no Instagram e Whatsapp (continuo na verdade, rs), na época namorava, uma das minhas melhores amigas estava casando e eu era uma das madrinhas, conversei com ela e deixei de participar das discussões, os detalhes e estresses do casamento. Sei que era um momento muito importante para ela, mas até hoje mantemos a amizade porque sabemos respeitar os sonhos uma da outra.

Procure estabelecer horários fixos para estudo, bloqueando seu celular e delimitando o uso das redes sociais durante o dia. Hoje em dia há diversos aplicativos que ajudam a manter o foco, eu uso muito o Forest quando preciso focar numa tarefa específica, porque acreditem: após ingressar na universidade a rotina de estudos não para, na verdade fica mais intensa ainda. 

Confesso que eu não seguia um plano todo estruturado de organização, anotando quais matérias iria estudar em cada dia e quais conteúdos. Mas caso você tenha muita dificuldade em se organizar há diversos canais e perfis no Instagram sobre estudos, e alguns até focados em áreas específicas, e às vezes pode inclusive motivar essa rotina de estudos tão estressante. Mas o essencial é tentar encontrar uma organização que seja adequada a você e às suas necessidades. Eu, por exemplo, acho lindo aqueles resumos com lettering, mas para mim não funciona já que perderia mais tempo treinando uma letra bonita e combinação de cores do que propriamente estudando para o vestibular. Sabe o foco né? rs

Qual foi a minha estratégia em relação aos conteúdos? Tendo em mente que a minha prioridade era o Enem e que a USP só utilizava a Fuvest como sistema de ingresso… Eu já tinha prestado o Enem outras vezes e sabia que tinha muita dificuldade com as matérias de exatas e biologia, investi pesadamente em matemática, mesmo porque para Ciências Contábeis matemática tinha peso 2. Para vocês terem ideia o resultado deu tão certo que a minha nota em matemática foi a mais alta, excluindo a redação, mas podem notar que as minhas notas não foram as mais altas:

resultado enem

Mas, por mais que o Sisu leva em consideração pesos diferentes dependendo do curso escolhido é preciso que o desempenho do aluno tenha certo equilíbrio, já que a pontuação não é realizada somente pelos números de acertos, mas num conjunto de avaliações que podem aumentar ou diminuir a nota. Por isso repito: conheçam bem a prova que irão prestar, nos seus mínimos detalhes! Como eu já tinha treinado bem os esquemas da matemática lembro que quando fui fazer a prova eu conseguia separar quais questões demandariam mais tempo para serem solucionadas e quais eram mais tranquilas.

Em relação à Fuvest foi uma surpresa e mesmo com o objetivo de cursar Letras eu não cheguei a ler todas as leituras obrigatórias de Literatura, inclusive até acho que por conta do tempo é mais vantajoso buscar por resumos e análises sobre as obras em vez de gastar um tempo precioso tetando decifrar detalhes de um texto que não se tem muito contato, se essa for uma dificuldade para você 😉

Com a importância dos dois vestibulares e a concorrência as provas têm adquirido ao longos dos anos um nível cada vez mais elevado de dificuldade e cada detalhe conta. Por isso é cada vez mais necessário sacrificar e estudar muito a fim de ter sucesso com os resultados ao final dos processos seletivos.

 

Até o próximo post.

Redes sociais *Skoob/ *Goodreads/ *Instagram/ *Facebook/ * Filmow

3 Comentários

  1. Suas dicas e experiências são muito importantes… obrigada. Bom domingo 🙏🏻☀️Abraços

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Bia! Tudo bem? Como estão as coisas aí em Portugal? Obrigada pelo apoio! ❤

      Curtir

  2. […] Diário da Faculdade | Como foi a minha rotina de estudos para o Enem e Fuvest […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: