10 séries para 2020

Oies Bookaholics!

Mais um hábito que tem se tornado tradição aqui no blog é uma seleção de séries que quero assistir ao longo do ano. Para quem quiser acompanhar tem as séries para 2017 (que levei mais de 2 anos para dar conta) e as séries para 2019.

Isso não significa que vou me limitar apenas às séries listadas neste post, (mesmo porque tem alguma séries com novas temporadas e eu quero continuar assistindo), mas que elas serão prioridade para mim, e como de costume haverá post aqui no blog sobre cada uma 😉

Olhos que Condenam

olhos-que-condenam-e1563158264219

Cinco jovens negros do Harlem foram injustamente acusados de estuprarem uma mulher no Central Park. Com criação, roteiro e direção de Ava DuVernay, a série expõe falhas da Justiça dos EUA em um dos mais polêmicos casos de erro judiciário de sua história.

 

Seven Seconds

seven-seconds-poster

A série, da criadora de The Killing (Veena Sud) e baseado no filme russo The Major, se concentra em um impasse entre policiais de Jersey City e a comunidade afro-americana da cidade depois que um adolescente negro é gravemente ferido por um policial.

 

Jane the Virgin

jane-the-virgin-1

Quando Jane (Gina Rodriguez) era uma garotinha, ela jurou permanecer virgem até o dia do seu casamento. Agora que Jane está com 23 anos de idade, seu noivo, Michael (Brett Dier), tem a vida do casal toda planejada e as coisas estão encaminhadas. Até que Jane é acidentalmente inseminada. Agora ela está grávida; e o pai da criança é uma antiga paixão dela e seu atual patrão, Rafael (Justin Baldoni); e o próprio pai (Jaime Camil) de Jane, a quem ela nunca conheceu, é o protagonista em sua telenovela favorita. É como se a vida dela fosse uma novela onde ela é a estrela.

 

The Get Down

netflix-the-get-down

Drama musical criado por Baz Luhrmann. A história é situada na década de 1970, em Nova Iorque, e acompanha a vida de um grupo de adolescentes do Bronx que respiram a música hip hop. Sem ter ninguém com quem contar, a não ser eles mesmos, os garotos se aventuram pela cidade com latas de spray e passos improvisados de dança. A série tem como objetivo mostrar como a cidade, à beira de uma crise econômica, viu surgir a música hip hop. A história será narrada do ponto de vista dos garotos.

 

Black Earth Rising

74f833e9dfc3c7406eab4ddc3277898ce76e16aa

Kate Ashby (Michaela Coel) foi resgatada quando criança do genocídio de Ruanda. Vivendo em Londres e trabalhando para o advogado Michael Ennis (John Goodman), a mãe de Kate enfrenta um caso envolvendo um líder de milícias africanas que tenta arruinar suas vidas para sempre.

 

Anne with an “e”

1_dySobXEHeXOkdjUnRrfjPg

Munida de sua imaginação e de seu intelecto, a pequena Anne vai transformar a vida de sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou, lutando pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo.

 

Vis a Vis

100264.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx

Macarena (Maggie Civantos) uma jovem mulher de vinte poucos anos, ambiciosa, manipulada pelo chefe, comete vários crimes na empresa em que trabalha. Sendo descoberta, foi acusada de quatro crimes fiscais. Durante o julgamento ela vai para a cadeia feminina, chamada Cruz del Sur12 de forma preventiva.

 

Breaking Bad

6e565467fb3a2c88b72f5430120e5168

Bryan Cranston, premiado com o Emmy®, é a estrela da série no papel de Walter White, um professor de química que leva uma vida difícil e luta para pagar as contas sustentando a esposa (Anna Gunn) e o filho, que tem dificuldades físicas (RJ Mitte). Sua vida inteira muda diante de um diagnóstico perturbador: câncer do pulmão sem possibilidade de cura. Com poucos anos de vida e nada mais a perder, Walter usa seus conhecimentos de química para fazer e vender metanfetamina com um dos seus ex-alunos (Aaron Paul). Seus negócios crescem e as mentiras também, mas nada detém Walter em sua missão de assegurar o futuro da família após a sua morte, mesmo que ele tenha que arriscar a vida da família toda.

 

The Handmaid’s Tale

The-Handmaids-Tale-Poster-buy-original-tv-posters-at-starstills__26619.1504627151

A história acompanha a vida de Offred (Elisabeth Moss), uma criada na casa do líder da República de Gilead. Esta é uma sociedade totalitária onde a alfabetização foi proibida para mulheres. Ela surgiu com a catástrofe ambiental e com o avanço da baixa natalidade. Tendo como base o fundamentalismo religioso, esta sociedade trata as mulheres como propriedades do estado. Offred é uma das últimas mulheres férteis, o que a leva ser utilizada como escrava sexual com o objetivo de ajudar a repopular o planeta devastado.

 

Killing Eve

hdtv

A vida de duas mulheres se cruza inesperadamente após um assassinato. A assassina Villanelle (Jodie Comer) precisa se livrar da mais nova espiã Eve (Sandra Oh), que vem investigando seus assassinatos profissionais, sem deixar nenhum registro. O embate entre elas será fatal, e apenas uma sairá viva.

 

Me digam nos comentários quais dessas séries vocês já assistiram e mais gostam, ou as que não gostaram tanto assim, vou adorar saber 😉

Aproveito para recomendar para vocês o post da Brenda sobre as séries dela favoritas de 2019, ela assistiu a quase 50 séries e acho que dá para ajudar quem está procurando novas histórias para assistir!

 

Até o próximo post.

 

Redes sociais *Skoob/ *Goodreads/ *Instagram/ *Facebook/ * Filmow

 

 

 

16 Comentários

  1. “Olhos que condenam” é uma obra incrível e impactante! Lembro-me que, após conclui-la, vi uma notícia de um homem acusado erroneamente, libertado somente agora, anos depois de sua condenação. Isso foi chocante e, ao mesmo tempo, um retrato da realidade. Ah, e a terceira temporada de “Anne with an E” está encantadora (pena que a série foi cancelada…).

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Maria Luíza! Olha, estou preparando meu psicológico para ver Olhos que condenam, quando saiu no ano passado até pensei em não ver pela temática, mas como vc bem disse, tem muita coisa muito semelhante atualmente, então… Eu comprei o livro Anne with an E e tbm estou empolgada com a série de tanto que comentavam positivamente sobre, espero não me decepcionar 😉 Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  2. Oi Camila, das séries acima, Anne, estou ainda por ler o livro (e-book) Anne de Green Gables, o único que fugiu um pouco daqueles padrões de livros que venho lendo, mas que por algum motivo quis muito comprar.
    Falando em séries, as minhas vejo na televisão à cabo, e esperando pelas novas temporadas, e das séries acima, citadas por você, não conheço nenhuma.
    Venho vendo nos blogs listas de livros por ler – este ano ainda não fiz nenhuma – e das séries por ver.
    Abraços e boas séries.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Mauro! Eu recentemente comprei o livro da Anne para assistir à série depois 😉 Eu quis pegar algumas séries mais pelas suas temáticas mesmo, então nem todo mundo conhece, principalmente quem não utiliza os streamings! Enfim, boas séries para nós! Abraços!

      Curtido por 1 pessoa

      1. Boas séries.

        Curtido por 1 pessoa

      2. Boas séries, minha amiga, abraços.

        Curtido por 1 pessoa

  3. Sou mais Ficção Científica e Fantasia 😉
    As vezes alguma coisa de humor… Raramente dramas 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies! Ah, sei bem, nesse estilo sci-fi eu gostei bastante de Black Mirror e Electric Dreams, mas geralmente não é o tipo de filmes, séries e livros que eu mais gosto hahaha.

      Curtir

      1. Huahuahua. O que seria do amarelo se todos gostassem do vermelho, né? 🙂

        Curtido por 1 pessoa

        1. Haha exatamente! 😉

          Curtir

  4. […] eu comecei a montar a lista com as 10 séries para 2020 jamais pensei que colocaria na lista Breaking Bad, ou melhor, jamais pensei que um dia fosse […]

    Curtir

  5. […] posts específicos sobre algum filme ou tema recorrente, e até mesmo alguns projetos, como o de 10 séries para 2020  e um outro projeto sobre documentários que em breve falarei a respeito […]

    Curtir

  6. […] compartilhar com vocês as minhas impressões sobre Jane the Virgin, que estava na minha lista de 10 séries para 2020 […]

    Curtir

  7. […] comentadas do ano passado. Eu tento fugir dos hypes, mas nesse ano a coloquei na minha lista de 10 séries para 2020 e realmente é mesmo tudo o que disseram: todo mundo tem […]

    Curtir

  8. […] a vis foi uma das minhas escolhas dentre as 10 séries para 2020 e apesar de trazer assuntos muito relevantes eu tive uma relação de amor e ódio. A Netflix […]

    Curtir

  9. […] da temática principal, outro motivo que me fez incluir Black Earth Rising na minha lista de 10 séries para 2020 foi por esta série ser bem curta, tem apenas 8 episódios que duram em média 1 hora, ou seja, dá […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: