Leituras de Setembro 2019 | Nova identidade do blog, miopia e astigmatismo, amigdalite, ansiedade e 4 livros lidos

Oies Bookaholics!

Leituras de Ago 2019 (1).png

Para quem acompanhou o meu post sobre o resumo do mês de agosto pode perceber que eu estava muito estressada e infelizmente o sentimento prevaleceu em setembro. Além dos motivos que eu já tinha comentado lá, sobre as diversas funções que tenho exercido no estágio e a própria faculdade outras coisas que fizeram me desestruturar um pouco mais.

O mês começou com algumas idas ao hospital, isso porque na primeira semana de setembro resolvi ir atrás de um oftalmologista porque não estava mais aguentando tantas dores de cabeça, e não deu outra: meus graus aumentaram! A minha última consulta foi no final de 2017 e agora, quase 2 anos depois, tenho no olho direito: 1 grau de miopia e 1 de astigmatismo; no olho esquerdo 0,5 de miopa e 1,5 de astigmatismo.

View this post on Instagram

Você leitor: quando foi a última vez que foi ao oftalmologista? Desde que me tornei uma leitora mais voraz e passei a cursar Letras os óculos também passaram a me acompanhar nessa jornada. Do final de 2015 até então eu só tiro os óculos para dormir, tomar banho e fazer atividade física e por mais que eu use meus graus vêm aumentando. Costumo passar no oftalmo a cada 2 anos, ou até que as dores de cabeça passam a ser minha companhia diária. E foi exatamente o que aconteceu, desde agosto percebi que estava precisando recorrer aos analgésicos para aliviar a dor, principalmente nas duas últimas semanas. Hoje fui ao oftalmo e depois muita paciência no exame meu grau aumentou, sendo mais específica, olho direito: 1 grau de miopia e 1 grau de astigmatismo; olho esquerdo: 0,5 de miopia e 1,5 de astigmatismo. E olha que a médica que me atendeu em 2015 disse que eu não teria nenhuma mudança de grau pelos próximos 4 anos! 😮😂 Sem óculos eu tenho muita dificuldade para enxergar de longe e fica tudo borrado, quem sofre do mesmo problema entende a sensação. Não tenho dificuldades para enxergar ou ler de perto, mas como diariamente estou lendo, tanto livro físico ou e-books pelo Kindle e pdfs, usando computador e celular o dia todo também acabam afetando. E vocês, também precisam de óculos e sim, quantos graus têm? . . . . . #Book #Books #Bookaholic #ABookaholicGirl #bookshelf #Instabook #instareading #lendo #bookish #instalibros #ilovereading #libros #instalivros #bookstagram #instaread #LoveBooks #AmoLivros #AmoLer #VamosLer #miopia #astigmatismo #óculos

A post shared by A Bookaholic Girl (@a_bookaholic_girl) on

Mas, quando as dores de cabeça cessaram na segunda semana eu tive amigdalite. com o tempo doido em São Paulo e as mudanças bruscas de temperatura minha garganta não aguentou e recorri ao pronto socorro para tomar a bendita benzetacil e outros dois medicamentos na veia. O pior é que estava com várias coisas que precisava colocar em andamento e finalizar, mas para quem estuda e trabalha ficar doente não é lá uma das opções mais favoráveis e disponíveis. Fiquei um pouco derrubada e precisei abrir mão da reunião do grupo de pesquisa que faço parte para me recuperar e ainda conseguir dar aula no cursinho comunitário que às vezes leciono aulas de literatura. Consegui dar aula, mas nos dois dias seguintes estava sem voz, mas pelo menos as dores e um pouco do cansaço físico tinham passado.

Acho que essas duas primeiras semanas acabaram tirando o ânimo que eu estava para seguir com o mês. Eu tinha alguns posts que queria postar e não consegui ter ânimo e tempo para escrever, e fico me sentindo mal porque eu gosto desse espaço e das experiências que venho vivendo por aqui desde 2015. Alguns outros projetos profissionais que eu estou tentando seguir não tiveram alguns resultados que eu esperava, me causando ansiedade e nervoso, e cara a vida adulta é extremamente estressante, queria poder ter a oportunidade de conseguir me dedicar a uma coisa sem ter que ficar me preocupando com outras, principalmente esse último semestre da faculdade, mas vou fazer um post para falar melhor sobre esse assunto.

Enfim, antes que esse post seja só de reclamações algumas coisas boas aconteceram, como eu finalmente ter mudado a arte do blog! Estava entediada com o logo antigo e queria modernizar um pouco as coisas, por isso a responsável pelo trabalho foi One Minute Design que conseguiu atingir às minhas expectativas. Reparem que já estou pensando no futuro e tomando coragem para investir em outros projetos 😉

cropped-a-bookaholic-girl-capa-facebook-.jpg

No sábado do dia 21 eu fui ao show do Capital Inicial, uma das minhas bandas nacionais favoritas e consegui ter as energias e o emocional recarregados. Fui com meu amigo Marco, que conheci na faculdade, e que também é apaixonado pela bandas, e tem mais ânimo que eu para curtir diversos outros shows, rs. Mas não se enganem: esses dois jovens idosos quase não aguentaram a noitada na balada pós-show!

70591511_2552662041463717_434791591052312576_o.jpg

Pela primeira vez eu realizei algumas trocas pelo Skoob e foi uma experiência muito positiva! Depois de enviar 5 livros recebi os livros que solicitei, ainda estou testando essa funcionalidade e quando tiver mais algumas experiências faço um post falando como funciona e o que acho dessa possibilidade.

View this post on Instagram

O Skoob é uma rede social brasileira totalmente voltada aos livros, onde podemos organizar as leituras, resenhas, indicações e fazer diversas listas e uma estante virtual. Uso a plataforma desde 2011, mas só agora resolvi testar outra ferramenta disponível: as trocas de livros entre os usuários. Para isso é necessário marcar os livros que queira trocar e enviar para a pessoa que solicitou, com isso você passa a acumular créditos que permitam que você possa escolher os títulos que queira. Todos os custos de correios são de responsabilidade de quem envia, às vezes pode sair um pouco mais do valor que você espera e ter que depender dos Correios, que estavam em greve no período que enviei e recebi meus livros. Essa é uma oportunidade para aqueles que estão/são bem desapegados e queiram enviar seus livros para quem realmente quer. Enviei 5 livros e com os créditos obtidos solicitei esses outros que estão na foto. Tive muita sorte em receber livros de pessoas que se preocuparam muito com o transporte e embalaram com muito cuidado, além dos livros estarem praticamente novos. Espero que as minhas próximas experiências sejam assim ou ainda melhores. . . . . . . . . . #Book #Books #Bookaholic #ABookaholicGirl #bookshelf #Instabook #instareading #lendo #bookish #instalibros #ilovereading #libros #instalivros #bookstagram #instaread #LoveBooks #AmoLivros #AmoLer #VamosLer #skoob #trocaskoob #skoobplus #mariankeyes #harlancoben #mariasemple #lisagenova #intrinseca #bertrandbrasil #novafronteira #arqueiro

A post shared by A Bookaholic Girl (@a_bookaholic_girl) on

 

Posts que rolaram no mês

Em relação aos posts no blog, quase nada aconteceu por aqui, mas ainda assim fiz um post sobre quais os impactos das artes como instrumentos de críticas sociais?, pensando sobre os últimos livros e filmes que considerei como favoritos já que ambos tratam de alguma forma sobre algum assunto que ainda precisa ser mais discutido na sociedade, como o racismo, feminismo, homofobia etc. Outro post que queria fazer há um algum tempo e finalmente saiu foi sobre as Minhas novas estantes: preços, montagem e organização dos livros, além de compartilhar a dificuldade dos nós leitores de conseguir organizar todos os livros em espaços adequados dentro de casa. Eu fiz a leitura de Desonra em agosto, mas só publiquei a resenha nesse mês, por isso, confiram: Resenha | Desonra, de J. M. Coetzee.

 

Podcasts Literários

Eu ouvi apenas dois nesse mês porque apesar de adorar a experiência, a minha cabeça estava tão cheia que o que eu menos precisava era mais informações na minha mente, ainda assim adorei os que eu ouvi:

 

Leituras do Mês

Por fim as 4 leituras concluídas (porque as não concluídas estão ao monte por aqui) em setembro foram:

1. Escrito nas estrelas? (Aione Simões) ★★★★

ESCRITO_NAS_ESTRELAS_1553786012865408SK1553786013B

Essa foi uma leitura que deu quentinho no meu coração, além de me fazer gargalhar em diversos momentos e chorar em outros, confiram: Resenha | Escrito nas estrelas?, de Aione Simões 😉

 

2. Badu (Arnaldo Tabayá) ★★★★

Essa foi uma leitura de verificação que escolhi fazer para a disciplina de Laboratório de Produção Editorial I. Nem sei se poderia falar sobre, mas o livro está em fase final de produção e assim que for publicado e eu receber o meu exemplar venho falar com vocês sobre 😉

 

3. Voltar para casa (Toni Morrison) ★★★★

VOLTAR_PARA_CASA_1481116921573078SK1481116921BFrank Money volta da Guerra da Coreia com mais do que cicatrizes visíveis em seu corpo. Veterano como tantos outros, vive em profundo conflito com seus fantasmas, perturbado pela enorme culpa de ser um sobrevivente e pelas atrocidades que cometeu. Ao se deparar com um país racista e segregado, ele reluta em voltar à sua cidade natal na Geórgia, onde deixou dolorosas memórias de infância e a pessoa que lhe é mais querida, a irmã Ycidra.
Ci sobreviveu como pôde aos anos de ausência do irmão, numa sociedade machista e opressiva em que as mulheres não têm vez, são sistematicamente abandonadas pelos maridos e muitas vezes mutiladas sem piedade. Ainda que não seja um soldado, é com imperativos que a menina foi criada: “Amarre o sapato, largue essa boneca de trapo e pegue a vassoura descruze as pernas vá tirar as ervas daninhas daquele jardim endireite as costas não me responda”. O ambiente nos Estados Unidos dos anos 1950 é tão hostil – que não se diferencia muito de um campo de batalha -, especialmente para uma mulher. Nesse mundo desfigurado, ao se reencontrarem no caminho de volta para casa, os irmãos poderão enfim ressignificar seu passado e voltar a ver com esperança o futuro. Afinal, o que é o lar, senão o lugar onde estão os nossos afetos? É no retorno à casa e no amor fraterno que Frank poderá entender sua experiência traumática na guerra e reencontrar uma força que já não acreditava ter.
Uma das mais celebradas romancistas dos Estados Unidos, a Nobel de literatura Toni Morrison expande seu olhar sobre a história norte-americana do século XX com esta narrativa de violência, amor e redenção.

Esse livro faz parte de um projeto com os livros da autora Toni Morrison, mas ainda não sentei para escrever uma análise sobre. Depois de Amada eu fico cada vez mais impressionada com a genialidade da autora e quero ler tudo o que ela publicou, por mais pesado e forte que sejam.

 

4. Escrito em algum lugar (Vitor Martins) ★★★★ 

ESCRITO_EM_ALGUM_LUGAR_1564581630930254SK1564581631BO show mais aguardado do ano! Pelo menos para Antônio, um jovem de 26 anos que não sente vergonha nenhuma em virar a madrugada na rua para conseguir comprar um ingresso para o show de retorno da sua boyband favorita. A noite está fria, os fãs são barulhentos e a calçada está longe de ser confortável, mas quando o acaso coloca Gustavo ao seu lado, passar quinze horas em uma fila não parece mais uma ideia tão ruim assim.

Escrito em algum lugar é um conto inédito de Vitor Martins, autor de Quinze dias e Um milhão de finais felizes.

Que eu sou apaixonada pela estórias do Vitor Martins não há dúvidas e esse conto é um quentinho no coração! Li para dar uma aliviada depois de livros tão pesados e fiquei mais uma vez encantada com a forma que o autor tem de nos deixar sorrindo ao final de suas narrativas. Em um conto curto Vitor conseguiu tratar de temas e sentimentos que não diz respeito somente à comunidade lgbtq+, eu fui tocada pela maceira que abordou a ideia da vida adulta, nos projetos e sonhos que temos em relação com a realidade, que muitas vezes não representam aquilo que realmente queremos, principalmente no que diz respeito a dependência dos pais e a necessidade imposta que que ser maduros e obrigatoriamente deixar de curtir coisas que nos marcaram enquanto crescemos.

Cada lugar onde você deposita seu amor e sua dedicação acaba se tornando um pouquinho de quem você é. E eu tenho certeza que a junção de tudo isso te transformou numa pessoa extraordinária!

Recomendo muito porque Vitor Martins é só amor escreve comédias românticas maravilhosas! ❤

 

Em breve sairá o post sobre filmes e séries, aguardem! 😉 Me digam nos comentários quais foram as leituras que vocês fizeram durante o mês de setembro, vou adorar saber! 😉

 

Até o próximo post.

 

Redes sociais *Skoob/ *Goodreads/ *Instagram/ *Facebook/ * Filmow

8 Comentários

  1. Olá!

    Gosto muito de fazer trocas pelo Skoob e ainda mais de participar de Livros Viajantes (no grupo Livro viajante), é uma oportunidade de ler outros livros sem gastar muito (só o do frete, né?!, rs).

    Também preciso visitar o oftalmo, pretendo ir em novembro… As dores de cabeça já são recorrentes.

    Tenho muita vontade de ler Toni Morrison, parece ser uma daquelas autoras da vida. *-*

    Até mais,

    Samantha

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Samantha! Eu já participei uma vez de um grupo de Livro Viajante com uma obra da Virginia Woolf, mas nunca mais participei, acredita? rs E sim, muito mais econômico que comprar um livro, mas precisa ser bem desapegado, acho que hj sou mais rs… Mulher, esse lance do oftalmo é sério, a primeira vez que fui foi em 2015, no final do meu primeiro ano da faculdade e depois dos exames a médica disse que meu grau não aumentaria nada em 4 anos, hahaha já precisei voltar em 2017 e agora em 2019! Boa sorte pra vc, pq ficar sofrendo com dor de cabeça não dá, acaba com as nossas energias =/ E sim, Toni Morrison se tornou uma das minhas autoras favoritas da vida, se não A AUTORA FAVORITA DA MINHA VIDA!!!

      Bjos

      Curtir

  2. Hey, que outubro seja mais leve, mais forte, mais calmo. Eu gostei muito do novo design do blog e desejo muito sucesso a você!
    Com relação ao Skoob: comecei a trocar esse ano e não me arrependo!! Desencalho alguns livros da estante, pego alguns que queria ler… Muito bom!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Tati! Obrigada que Outubro seja incrível para nós 😉 Agora que estou mais desapegada com os livros acho mais tranquilo trocar, e fico feliz que a experiência tem sido muito boa pra vc tbm! Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  3. Oi Camila, esse mês que terminou andei fazendo óculos para o computador, o meu havia quebrado, e depois que o óculos ficou pronto, estragou meu computador e desapareci do meu blog, mas não voltei com posts na cabeça, acho que agosto foi um daqueles meses raros.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Mauro! Eita, mas que coisa hein? Que outubro seja um mês melhor 😉

      Curtido por 1 pessoa

      1. Assim espero. Abraços.

        Curtido por 1 pessoa

  4. […] SETEMBRO 36. Escrito nas estrelas? (Aione Simões) ★★★★ 37. Badu (Arnaldo Tabayá) ★★★★ 38. Voltar para casa (Toni Morrison) ★★★★ 39. Escrito em algum lugar (Vitor Martins) ★★★★ […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: