Leituras de Abril 2019 | Leituras obrigatórias da faculdade, Podcasts literários e 5 livros lidos

Oies Bookaholics!

Leituras de Jan 2019 (2).png

 

O mês de abril foi extremamente corrido, mas também muito produtivo em relação às leituras que realizei. Mas antes de falar propriamente sobre as leituras, vamos relembrar todos os posts que rolaram por aqui, lembrando que os post específicos sobre filmes e séries sairão no post de resumo sobre 😉

 

Podcasts Literários

Eu não tenho muito o hábito de ouvir podcasts, mas tenho tentado incluí-los na minha rotina, principalmente durante os meus momentos de caminhada pela manhã (que não tem sido realizada com muita frequência, confesso rs). Nesse mês eu ouvi alguns e queria indicar para vocês, sendo o primeiro o Pavio Curto, que eu já conhecia e admiro muito, composto pelas integrantes da Página 7 – Agência Literária e seus convidados, mas especificamente os episódios que eu ouvi foi O senso de propriedade do FãSeparando a arte do artista (Parte I) e Separando a arte do artista (Parte II). E outro podcast que curti muito foi o Asterisco do Judão, especificamente o episódio Bibliodiversidade com Daniel Lameira, este que trabalhou em diversas editoras em todo o Brasil, e hoje possui a Antofágica, sua editora independente cujo foco é publicar livros clássicos com uma identidade visual mais pop, dividindo também suas atividades como editor da Editora Aleph.

Atenção:

  1. Aproveito a oportunidade de pedir indicações de podcasts literários, me digam os seus preferidos nos comentários, plis! 😉
  2. Para quem é da cidade de São Paulo e região: no próximo domingo, dia 5 de maio, a Editora Seguinte promove o evento Encontro YA: Podcasts Literários, contando com a presença de alguns apresentadores de projetos de podcasts voltados à literatura no Brasil. Todas as informações sobre horário e local estão disponíveis no evento no Facebook.

 

TBR

Dos cinco livros que separei para a minha TBR de Abril, A partilha do sensível (Jacques Rancière) um acabou ficando de fora das leituras, por conta das demais leituras obrigatórias da faculdade, somado também a alguns trabalhos que eu precisei me dedicar. Eu também não fiz resenha de todas as leituras, mas vou comentar um pouco sobre elas aqui 😉

 

Leituras obrigatórias da faculdade

 

1. Andrew’s Brain (E.L. Doctorow) ★★★

ANDREWS_BRAIN_1544744956836088SK1544744956BSpeaking from an unknown place and to an unknown interlocutor, Andrew is thinking, Andrew is talking, Andrew is telling the story of his life, his loves, and the tragedies that have led him to this place and point in time. And as he confesses, peeling back the layers of his strange story, we are led to question what we know about truth and memory, brain and mind, personality and fate, about one another and ourselves.
Written with psychological depth and great lyrical precision, this suspenseful and groundbreaking novel delivers a voice for our times-funny, probing, skeptical, mischievous, profound.

Essa foi uma leitura obrigatória da disciplina de Leituras do Cânone 3 e confesso que não gostei muito, principalmente porque a leitura anterior (Beloved, de Toni Morrison) foi incrível. Por não ter ainda uma versão em português, precisei fazer a leitura no original, o que demandou mais tempo. Sobre a sinopse, o livro traz um personagem que faz diversas digressões (reais ou fictícias) sobre si, suas memórias e jornada  de vida, mas sem mencionar onde e quando tudo exatamente aconteceu. Se não fosse pelas aulas e pelas leituras dos textos de literatura crítica sobre o livro ficaria muito difícil entender diversos aspectos da obra de E.L. Doctorow, um dos grandes nomes de destaque da literatura norte-americana contemporânea.

Dentro da literatura inglesa também foram lidas duas peças: Miss Julie (August Strindberg) e Before Breakfast (Eugene O’Neill), mas como teatro não é um dos gêneros que mais me apetece, prefiro apenas citá-las sem fazer nenhum tipo de comentário.

 

2. Quem me dera ser onda (Manuel Rui) ★★★

QUEM_ME_DERA_SER_ONDA_1245760839B.jpgEm um edifício onde é proibida a presença de animais, Pai Diogo, um dia, leva um leitão vivo para seu apartamento. O plano é engordá-lo o suficiente para, no carnaval, a família se empanturrar de carne de porco.

Em meio a diversas tramas e planos para escondê-lo do restante dos moradores e do administrador, Zeca e Ruca, filhos de Diogo acabam afeiçoando-se ao animal e farão de tudo para impedir o trágico destino que o espera.

Uma bela e tocante história de como uma amizade entre duas crianças e um porco pode mudar a vida de tanta gente.

Uma das grandes obras da literatura angolana, Quem me dera ser onda também teve uma situação semelhante com Andrew’s Brain, mas diferente da obra anterior, após uma aula incrível pude entender bem as metáforas utilizadas pelo autor Manuel Rui para retratar as condições de Angola pós-independência, trazendo diversas críticas sociais do das posições do governo após o fim do domínio da colonização portuguesa.

 

FILHOS_DA_PATRIA_1239826114B.jpgDo livro Filhos da Pátria do angolano João Melo eu li três contos: O elevador, Tio mi dá só cem, e Natasha. Assim como Quem me dera ser onda, os contos também representam de forma crítica a nova condição de Angola a partir do momento que é uma nação independente. O primeiro conto foi discutido em sala de aula e os demais foram apenas sugestões (e se não me engano, parece que serão discutidos depois). O segundo conto me lembrou muito Capitães de Areia (Jorge Amado) ao trazer a perspectiva de crianças expostas à marginalização e criminalidade, enquanto o terceiro tratou bem dos estereótipo dos negros, principalmente em relação às questões sexuais, o corpo negro masculino e o relacionamento interracial.

 

Demais leituras

3. Em algum lugar nas estrelas (Clare Vanderpool) ★★★

EM_ALGUM_LUGAR_NAS_ESTRELAS_1461958916246843SK1461958916B (1)

Foia a leitura escolhida para mais uma edição do Projeto Quatro por 4. Confiram: Quatro por 4 | Em algum lugar nas estrelas, de Clare Vanderpool.

 

4. O compromisso (Herta Müller) ★★★★

O_COMPROMISSO_153048698053574SK1530486981B

Essa leitura me surpreendeu bastante! E fiquei muito tentada a ler toda a obra dessa autora. Confiram: Resenha | O compromisso, de Herta Müller.

 

5. Os quase completos (Felippe Barbosa) ★★★★

OS_QUASE_PERFEITOS_1516632934749495SK1516632934B

Finalizei esta última leitura no domingo e consegui disponibilizar a resenha logo em seguida, rs. Confiram: Resenha | Os Quase Completos, de Felippe Barbosa.

 

Em breve sairá o post sobre filmes e séries, aguardem! 😉 Me digam nos comentários quais foram as leituras que vocês fizeram durante o mês de abril, vou adorar saber! 😉

 

Até o próximo post.

 

Redes sociais *Skoob/ *Goodreads/ *Instagram/ *Facebook/ * Filmow

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

20 Comentários

  1. Olá!

    Gostei da ideia de compartilhar podcasts. Vou dar uma olhada nesses que você indicou.

    Conhece o “30 MIN”? Não é um podcast que eu ame, mas dos literários, é o que eu conheço. Dá uma olhada.

    🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Kelly, acho legal pq aí a gente consegue trocar dicas! Esse eu não conhecia, vou ouvir 😉 Agradeço a recomendação! 🙂

      Curtir

  2. Gostei das indicações de podcast! Comecei a ouvir podcasts ano passado, não tinha esse costume e agora adoro. Acompanho principalmente o Braincast e o Mamilos, que eu amo, mas não ouvia nenhum literário. Vou começar esse que você sugeriu! =) Tem um da Companhia das Letras também, não tem? Nunca ouvi, mas deve ser bom.

    Beijo, Cah!
    https://sobrelivrosetraducoes.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Brenda! 🙂 Ah obrigada por essas indicações, já ouvi falar no Mamilos. Da Companhia preciso ouvir 😉

      bjos

      Curtir

  3. acho que o único podcast sobre livros que escuto atualmente é o Resumocast. Mas é mais voltado para livros de negócios e desenvolvimento pessoal.
    https://www.resumocast.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Marcelo!

      Ah, que interessante, vou tentar ouvir, thanks! 😉

      Curtir

  4. Oi, Cá… eu ainda não consegui criar o hábito de ouvir podcasts também… mas quando eu passo roupa (que é uma vez a cada 15 dias kkkk), eu tenho ouvido 30:Min-Literatura e às vezes Rádio Companhia. Adorei saber das suas sugestões também e já vou seguir aqui pras próximas passadas de roupa kkkkk

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oie Isa!

      Ah entendo, acho muito difícil parar para ouvir enquanto eu não faço nada, rs… Vou tentar ouvir o da Companhia e o 30:Min-Literatura, thanks! 🙂 Fico feliz que tenha gostado! ❤

      Bjos

      Curtido por 1 pessoa

      1. Exatamente. Ainda me parece perda de tempo não fazer mais nada e só ficar ouvindo 🤣🤣🤣

        Curtido por 1 pessoa

        1. Hahaha concordo! Sorte que o cérebro feminino tem condições de realizar diferentes tarefas ao mesmo tempo, e com isso dá para minimizar o tempo. 😉

          Curtido por 1 pessoa

  5. Quanta coisa nesse mês!!
    Não tenho o hábito de ouvir podcasts, assim como também não vejo muitos vídeos… Preciso ampliar mais meu repertório! Obrigada pelas dicas (:

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Tati!

      Mulher com vídeos eu diminui bastante, acho que me cansei, rs. Mas se gostar desses podcasts me diga, viu ? rs 😉

      Curtido por 1 pessoa

  6. Eu tinha podcast, mas estavam interferindo no meu programa de ouvir músicas no celular, volta e meia tinha que apagar uma lista e tanto de não músicas, e tirei, e além disso ouvia muito pouco, poucos eu escutei no período que eu tive, que acabei deixando.
    Pode ser que venha a colocar.
    Gostava mais de programas de músicas e o Papo de Fotógrafo.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Republicou isso em Memórias ao Vento.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Oi Camila. Tudo bem? Já tem um tempo que ouço podcast. Vou te indicar alguns que eu mais gosto: Carambaia, Companhia das Letras, Como começar (Nexo), Instituto Cpfl e os da Bbc (In our time e o The Fórum). Vou fazer um post com mais podcast, mas os meus favoritos são esses. ☺ bjs, Agnes

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Agnes! Ah sempre maravilhosa, vou conferir estes que vc me indicou e já estou ansiando por esse post, viu?!!! Bjos da Cah

      Curtido por 1 pessoa

  9. […] ABRIL 14. Em algum lugar nas estrelas (Clare Vanderpool) ★★★ 15. Andrew’s Brain (E.L. Doctorow) ★★★ 16. O compromisso (Herta Müller) ★★★★ 17. Quem me dera ser onda (Manuel Rui) ★★★ 18. Os quase completos (Felippe Barbosa) ★★★★ […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: