[10 séries para 2017] Sense8: uma série incrivelmente f*

Oies Bookaholics!

Estamos nos dias finais de 2018 e eu ainda tentando colocar em dia as 10 séries que queria assistir em 2017! Bom, depois de quase dois anos finalizei hoje todo o conteúdo oficial sobre Sense8 e eu amei essa série! Eu estou muito atrasada porque a primeira temporada saiu em 2015 trazendo diversas polêmicas a segunda temporada saiu no ano passado e já foi cancelada para a tristeza de diversos fãs, e agora posso me incluir nesse fandom!

E relaxem porque não tem spoiler, viu?!

sense8-1a-temporada_t92039

 

A série foca em oito personagens espalhados pelo mundo que se ligam mentalmente e emocionalmente após uma morte trágica. Eles podem não só conversar entre si como ter acessos aos mais profundos segredos de cada um. Juntos eles precisam não apenas entender o que aconteceu e o porquê, como também fugir de uma organização que está atrás deles para capturá-los e estudá-los.

 

Sense8 está disponível na Netflix, conta com duas temporadas de 10 episódios com duração em média de 50 minutos, além de dois especiais com mais de 2 horas, o especial de natal e o de final da série. Ou seja, dá para maratonar em um final de semana tranquilamente, apesar do impacto, rs. Mas okay, talvez você não conhece ou nunca ouvi falar de Sense8 vale a pena a assistir esse vídeo:

Por que eu considero essa série foda? Um dos primeiros motivos é que é uma série que trata não se configura apenas como algo de ficção científica. O que me cativou em um primeiro momento foram os dramas da vida real de cada personagem com suas diversidades. E quando se fala em diversidade é preciso ter em mente a representatividade: aqui nós temos 8 personagens principais de diferentes países ao redor do mundo. Tem gay, uma mulher trans (Jamie Clayton e eu demorei 5 episódios para perceber), bissexual, negro, coreana, rico, pobre, policial. E já que estamos falando dos personagens, uma curiosidade interessante é que a série tem a participação do Alfonso Herrera, o Miguel de Rebeldes (novela mexicana que fez muito sucesso aqui no Brasil), mas tapada do jeito que sou só percebi no 9º episódio.

Além disso, cada um possui sua especificidade, eles são de 9 cidades diferentes ao redor do mundo! Os países e seus personagens: Estados Unidos (Nomi e Will), Inglaterra (Riley), Quênia (Capheus), Alemanha (Wolfgang), México (Lito), Coreia do Sul (Sun) e Índia (Kala). Não tenho um personagem favorito, porque cada um traz uma passado e experiências tão perturbadoras que é muito difícil não sentir empatia por todos eles. Mas se tiver que escolher apenas um seria o Wolfgang por motivos óbvios hahaha ❤

E é muito interessante ver as diferenças culturais sendo retratadas, apresentando tanto as diferenças climáticas, raciais, classe e gênero. O que me incomodou um pouco foi em pouco ver esses personagens falando na sua língua materna, por mais que a série mostrava que os sensates compartilhavam das mesmas habilidades e conhecimentos ficou chato ver tudo em inglês, já que os americanos não gostam de ler legendas e a série é produzida pelos Estados Unidos e sua cultura imperialista domina o mundo todo (culpa do meu professor de estudos culturais que nos provocava a olhar criticamente aspectos como esse, obrigada Daniel!).

E o mais interessante como eles estão conectados e como aprendem a depender um do outro para sobreviver. São várias cenas de fazer apertar o coração e nos sensibilizar, tanto pelo preconceito e conservadorismo como pela própria maldade humana. E isso não isenta os próprios familiares, o que faz com os laços com desconhecidos sejam mais fortes que os laços sanguíneos. E com isso a série traz diversas críticas incluindo corrupção, religiosidade, machismo, patriarcado, homofobia, etc. Por ter 8 protagonistas nem sempre era possível focar apenas na narrativa de um, então muitas vezes o episódio acabava de uma forma e não dava continuidade de onde tinha parado. No primeiros episódios foi difícil me adaptar a esse formato, mas depois consegui entender, mesmo que eu preferia seguir com um drama específico em vez da linha narrativa que estava sendo desenvolvida.

E para alegria do público brasileiro, na segunda temporada há um episódio que foi gravado na Parada do Orgulho LGBT de São Paulo ❤ É evidente o quanto a representatividade foi um dos temas principais da série!

E claro que muito da polêmica veio das cenas de sexo na série! E são várias, incluindo algumas mais coletivas, digamos assim. Mas o interessante foi perceber que geralmente é o corpo da mulher que é exposto, e aqui não, não tem diferença nenhuma entre homem e mulher. O corpo masculino é bem exposto também, com direito a nu frontal. Não por acaso a série não é recomendada para menores de 18 anos! (pelo menos essa é a recomendação na Netflix 😉 ) E também pode-se perceber que não repressão alguma da sexualidade feminina. Além disso, tem diversas cenas com consumo de drogas e álcool e várias cenas violenta, com muita ação, tiroteio e sangue espirrando.

Sense8_S2_BPOMas conforme assistia aos episódios passei a me interessar também pela parte científica, principalmente na segunda temporada. E eu fiquei aplaudindo pela criatividade dos criadores dessa série. PQP! E o trabalho maravilhoso veio das irmãs transgênero Lilly e Lana Wachowski (que também são as criadoras dos filmes do universo Matrix) e J. Michael Straczynski. Os sensates são considerados homo sensorium uma variação do homo sapiens, e por isso compartilham sentimentos, sensações com os integrantes do cluster, o grupo sensate que fazem parte. Ou seja, eles compartilham as dores, inseguranças, felicidade, medo e prazer (e isso explica as cenas sexuais consideradas putaria). No começo foi difícil não relacionar esses personagens como talvez um divergente ou qualquer personagem semelhante do surto das distopias alguns anos atrás. Mas eu achei tudo muito interessante e ao mesmo tempo completamente complexo e como as relações são traçadas.

sense8-criacao-do-mundo_t129577_TMprEhFOutro ponto essencial e que traz um diferencial à série foram os cenários e a montagem. No curto documentário Sense8: Criação do Mundo os atores, diretores e produtores explicam como foi o processo de filmagem das cenas. Eles passaram 4 meses viajando por esses diferentes países, para filmar! Isso porque a montagem de Sense8 não se limita a deixar um personagem sozinho na sua cena, eles chegaram a gravar a mesma cena em até 4 países diferentes para montar de um forma que mostre no cenário a relação dos personagens. Isso é incrível! E trabalhoso (há um período de 2 anos entre a primeira e a segunda temporada) e extremamente caro, nada menos que 108 milhões por temporadaE esses foram alguns dos motivos apontados para a série ter sido cancelada, o Coxinha Nerd e a Carol Moreira falaram justamente sobre isso e vale a pena conferir. 😉

sense8_series_finale_poster

O episódio final teve mais de 2 horas de duração e foi lançado em junho deste ano e foi nada menos que incrível! Os produtores queriam trazer um final marcante para os fãs e conseguiram. Trazendo todos os elementos da série, muita ação, cenas emocionantes e alguns alívios cômicos porque ninguém aguenta tanta pressão e carga dramática, rs. Me deu aquele aperto no coração e adrenalina, um quentinho em outros momentos e muita tristeza por saber que era o último 😦

 

Enfim, acho ficou claro o quanto eu amei essa série e já fico triste que algo tão importante e com discussões essenciais não existirá mais 😦 Se você já assistiu Sense8 me diga nos comentários o que achou, vou adorar saber! 😉

 

Até o próximo post!

 

armesan Cheese

 

 

Me acompanhem nas redes sociais *Skoob / *Instagram / *Facebook / * Filmow

 

4 Comentários

  1. Esta serie é muito boa mesmo.
    Estou amando este blog.
    Beijos querida.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ahhhh eu fiquei apaixonada por essa série, pena que foi cancelada 😦 😦 Bjos

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: