Netflix Book Tag

Oies Bookaholics!

Como estou no aquecimento par as férias e consequentemente o período que quero deixar disponíveis para assistir as séries disponíveis na Netflix resolvi responder algumas perguntinhas sobre livros baseadas nessa plataforma de stream.

Let’s go?!

 

1. Recentemente assistidos: o último livro que você terminou de ler.

CONFESSE_1496082175684096SK1496082175BUm romance sobre arriscar tudo pelo amor — e sobre encontrar seu coração entre a verdade e a mentira. Da autora das séries Slammed e Hopeless. 
Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

E inclusive já tem resenha disponível: Resenha | Confesse, de Colleen Hoover

2. Principais escolhas para você: um livro recomendado a você baseado em suas leituras anteriores.

O_CONTO_DA_AIA_14955647998256SK1495564800B.jpgEscrito em 1985, o romance distópico O conto da aia, da canadense Margaret Atwood, tornou-se um dos livros mais comentados em todo o mundo nos últimos meses, voltando a ocupar posição de destaque nas listas do mais vendidos em diversos países. Além de ter inspirado a série homônima (The Handmaid’s Tale, no original) produzida pelo canal de streaming Hulu, o a ficção futurista de Atwood, ambientada num Estado teocrático e totalitário em que as mulheres são vítimas preferenciais de opressão, tornando-se propriedade do governo, e o fundamentalismo se fortalece como força política, ganhou status de oráculo dos EUA da era Trump. Em meio a todo este burburinho, O conto da aia volta às prateleiras com nova capa, assinada pelo artista Laurindo Feliciano.

 

3. Adicionados Recentemente: o último livro que você comprou.

O_MEDO_MAIS_PROFUNDO_1471363192605721SK1471363192BNa época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando a namorada o trocou por seu maior adversário no basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing. Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea – de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto. Aturdido com a notícia, Myron dá início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça. Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver.

 

4. Em alta: livros que todo mundo conhece (1 que você leu e 1 que você quer ou não ler).

JOGOS_VORAZES_1447803914106468SK1447803914B

Constituída por uma suntuosa Capital cercada de 12 distritos periféricos, a nação de Panem se ergueu após a destruição dos Estados Unidos. Como represália por um levante contra a Capital, a cada ano os distritos são forçados a enviar um menino e uma menina entre 12 e 18 anos para participar dos Jogos Vorazes. As regras são simples: os 24 tributos, como são chamados os jovens, são levados a uma gigantesca arena e devem lutar entre si até só restar um sobrevivente. O vitorioso, além da glória, leva grandes vantagens para o seu distrito. Quando Katniss Everdeen, de 16 anos, decide participar dos Jogos Vorazes para poupar a irmã mais nova, causando grande comoção no país, ela sabe que essa pode ser a sua sentença de morte. Mas a jovem usa toda a sua habilidade de caça e sobrevivência ao ar livre para se manter viva. As reviravoltas do jogo e as dificuldades enfrentadas pela protagonista levam os leitores a sofrer junto com ela, enquanto descobrem um pouco sobre seu passado e seu relacionamento com Peeta Mellark, o outro tributo enviado pelo Distrito 12 para lutar nos Jogos Vorazes. Inspirada pelo mito grego de Teseu e o Minotauro e bebendo nas melhores fontes da ficção científica, Suzanne Collins faz uma dura crítica à sociedade do espetáculo atual e prende a atenção do leitor da primeira à última página com um romance envolvente e perturbador.

Já li e amei e fiz um post muito antigo no blog Jogos Vorazes: Livros e Filmes.

 

O_DIO_QUE_VOCE_SEMEIA_1492633015673148SK1492633015BUma história juvenil repleta de choques de realidade. Um livro necessário em tempos tão cruéis e extremos. Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial.
Não faça movimentos bruscos. Deixe sempre as mãos à mostra. Só fale quando te perguntarem algo. Seja obediente. Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto. Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos – no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início. Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa. Angie Thomas, numa narrativa muito dinâmica, divertida, mas ainda assim, direta e firme, fala de racismo de uma forma nova para jovens leitores. Este é um livro que não se pode ignorar.

O filme está quase saindo e eu não li o livro ainda 😦

 

5. Comédias: um livro engraçado.

felicidadeNão conte para ninguém, mas Jen é uma das minhas pessoas favoritas. (Máquinas não devem ter favoritos. Não me pergunte como isso aconteceu.) Jen está triste. Aiden quer que ela seja feliz. Formou? Não necessariamente. É que Jen é uma mulher de trinta e poucos anos cujo namorado acabou de trocá-la por outra e Aiden é um programa de computador muito caro e complexo. Aiden conhece Jen melhor que ninguém. Com acesso a todos os seus dispositivos, Aiden sabe qual é a música mais tocada de sua playlist, consegue achar suas fotos preferidas e selecionar as citações que mais a inspiram nas redes sociais. A partir de observações e de algoritmos singulares, ele resolve procurar um novo parceiro para ela. E com a internet inteira à sua disposição, não precisa ir longe para encontrar o que conclui ser o espécime perfeito e arquitetar um encontro. O problema é que Jen não parece querer contribuir para o plano infalível de Aiden. erá que uma máquina muito inteligente artificialmente conseguirá desvendar a inteligência emocional para poder interferir de um jeito positivo na vida de Jen? E, o que é mais difícil, será que essa máquina vai descobrir o que exatamente faz os seres humanos felizes?

Um livro tão gostosinho de se ler e com várias tiradas bem engraçadas, e olha que sou bem crítica com comédias, rs. Tem resenha disponível no blog: Resenha | Felicidade para humanos, de P. Z. Reizin 🙂

6. Dramas: um personagem que seja muito dramático.

SENHORITA_AURORA_1522343407615853SK1522343407BNicole é uma jovem bailarina e está prestes a realizar seu sonho: estrear no papel principal em uma peça na Companhia de Ballet de Londres. Tudo estaria perfeito se não fosse pela presença de um dos seus diretores, o temido Daniel Hunter, um maestro prodígio de temperamento difícil, com um humor sombrio e que desperta em Nicole sentimentos contraditórios. 

Quando uma tempestade de neve isola os dois em uma mansão centenária, Nicole e Daniel serão obrigados a encarar não apenas os segredos que atormentam o maestro, mas também uma paixão proibida — e avassaladora — que nasce entre eles. Entre a tão sonhada carreira na dança, um amor intenso como ela nunca sentiu e a própria segurança, Nicole se verá diante de escolhas que parecem impossíveis. E caberá a ela resgatar Daniel de seu próprio passado… Senhorita Aurora é um romance poderoso, tocante e perturbador, que mostra que todos merecem uma segunda chance, até mesmo alguém com fama de monstro.

Minha vontade era pegar a Nicole e dar uns tapas para ela ser mais madura e fazer menos drama. Eu detestei o livro, mas se quiserem conferir, tem resenha em conjunto com as meninas do projeto Quatro Por 4 | Senhorita Aurora, de Babi A. Sette 😉

7. Animações: um livro com desenhos na capa.

UM_MILHAO_DE_FINAIS_FELIZES_1529351486785914SK1529351486BJonas não sabe muito bem o que fazer da vida. Entre suas leituras e ideias para livros anotadas em um caderninho de bolso, ele precisa dar conta de seus turnos no Rocket Café e ainda lidar com o conservadorismo de seus pais, sua mãe alimenta a esperança de que ele volte a frequentar a igreja, e seu pai não faz muito por ele além de trazer problemas. Mas é quando ele conhece Arthur, um belo garoto de barba ruiva, que Jonas passa a questionar por quanto tempo conseguirá viver sob as expectativas de seus pais, fingindo ser uma pessoa diferente de quem é de verdade. Buscando conforto em seus amigos (e na sua história sobre dois piratas bonitões que se parecem muito com ele e Arthur), Jonas entenderá o verdadeiro significado de família e amizade, e descobrirá o poder de uma boa história.

Ah, esse livro precisa muito ser espalhado por todo o canto! Resenha | Um milhão de finais felizes, de Vitor Martins ❤

 

8. Assistir novamente: um livro ou série que você deseja reler.

CHEIO_DE_CHARME_1288033785B

A estilista Lola tem todos os motivos para chocar-se com a notícia do casamento: apesar de ser a namorada do cara, ela não é, definitivamente, a noiva. Já a jornalista Grace conheceu Paddy há muito tempo, mas por algum motivo não consegue esquecê-lo. Marnie, casada e com filhos, não tira da cabeça o político conquistador, seu amor adolescente. E Alicia, a noiva, fará de tudo para preservar seu reinado.

 

Apesar da sinopse parecer ser uma história sobre mulheres disputando o mesmo homem a trama é bem diferente e lembro de ter ficado chocada. Mas nesse quesito entenda-se também todos os demais livros de volume único da Marian Keyes que já li, como Casório!, É agora ou nunca!, Sushi, Um best-seller para chamar de meu...

 

9. Documentários: um livro de não-ficção que você recomenda a todos.

Resenha | Quem tem medo do feminismo negro?, de Djamila Ribeiro

 

10. Ação e Aventura: um livro cheio de ação.

SOB_A_LUZ_DOS_SEUS_OLHOS_1452039840201834SK1452039840BConsiderada a “Nicholas Sparks de saia” pelos fãs, por suas histórias românticas voltadas especialmente para o público jovem adulto, a paulista Chris Melo estreia na Rocco, pelo selo Fábrica231, com Sob a luz dos seus olhos. A trama conta a história de Elisa, que embarca para a Inglaterra decidida a começar sua vida adulta, levando na bagagem seus planos e sonhos para o futuro; e Paul, um artista tentando se encontrar e que vive intensamente cada momento. O que poderia ser apenas um encontro casual entre dois jovens tentando achar o seu lugar no mundo se transforma, pelas mãos de Chris Melo, numa profunda jornada de autoconhecimento, superação, perdão e recomeços protagonizada por duas pessoas comuns que experimentam o poder extraordinário do amor. Um presente para quem já é e para quem vai se tornar fã de Chris Melo.

Acontece tanta coisa nesse livro que chega a me irritar, rs

11. Novos lançamentos: um livro que acabou de ser lançado ou que está próximo de ser e que você não vê a hora de ler.

DANDO_UM_TEMPO_1538349573799775SK1538349574BAmy e Hugh vivem o que se pode chamar de casamento perfeito, e apesar de o dinheiro ser curto e o estresse ser muito, sua vida segue uma rotina confortável… até que a morte do pai e de um grande amigo desencadeia em Hugh uma intensa crise durante a qual ele decide que precisa dar um tempo de tudo, sobretudo da vida a dois, e parte rumo ao sudeste asiático, por onde viajará por seis meses. Incapaz de fazer o marido mudar de ideia, Amy sabe que muita coisa pode mudar nesses seis meses. Quando Hugh voltar — se voltar —, será ainda o mesmo homem com quem se casou? E será ela a mesma mulher? Afinal, se ele está dando um tempo do casamento, ela também está, não é?

 

Até o próximo post!

armesan Cheese

 

Me acompanhem nas redes sociais *Skoob / *Instagram / *Facebook / * Filmow

15 Comentários

  1. Aaaaah ainda também não li o livro O Ódio que Você Semeia… achei que eu era a única que ainda não havia lido 😶

    Curtido por 1 pessoa

    1. Hahaha não li ainda, o preço sempre está muito alto, mas no mês passado a versão em e-book em inglês estava de graça na Amazon e eu adquiri 😉

      Curtir

    1. ❤ ❤ Se puder faz também! 😉

      Curtido por 1 pessoa

  2. Gio - Atraídos Pela Leitura · · Responder

    Bem legal esta Tag! Qualquer hora dessas vou respondê-la no meu blog. ♥

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ahh faz sim Gio! Quero saber as suas respostas 😉 Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  3. […] essa tag no Blog A Bookaholic Girl e como faz tempo que não respondo tags, fiquei com saudades ❤ […]

    Curtir

  4. ‘Sob a luz de seus olhos’, da lista acima, foi o único lido, um dos primeiros e-books.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Me diga se gostou, porque a quantidade de desgraças me irritou bastante! rs

      Curtido por 1 pessoa

      1. Olha, eu não lembro direito da história, já li há dois anos, mas sei que foi um livro que eu gostei, marquei pela capa e pelo nome. Nunca lembro o que eu li depois de um tempo, na maioria das vezes, com exceção de algumas leituras ímpares que sim, aí fica para sempre. Abraços.

        Curtido por 1 pessoa

        1. Ahh, entendi, rs Super compreensível, rs! Com tantos livros, filmes e séries impossível a mente registrar tudo hahaha. 🙂

          Curtir

  5. Cá, já fui o boicote ao filme O ódio que você semeia? Quase sem divulgação e distribuição nos cinemas do país. Aqui na zona leste mesmo não está sendo exibido em cinema nenhum 😭

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai Dri, eu vi a mobilização nas redes sociais, que palhaçada! Ridículo essa postura! 😦

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: