[10 séries para 2017] | Black Mirror para f* com a sua cabeça

Oies Bookaholics!

Retornando aquele projeto que era para ser cumprido em 2017 (confiram: Séries | 10 séries que quero assistir em 2017) mas que mantive em 2018 nesse post quero falar sobre uma das séries que se tornou uma das minhas séries preferidas da vida: Black Mirror!

black-mirror-1024x576-1024x576.jpg

Black Mirror é uma série de televisão britânica antológica de ficção científica criada por Charlie Brooker e centrada em temas obscuros e satíricos que examinam a sociedade moderna, particularmente a respeito das consequências imprevistas das novas tecnologias.[1]Os episódios são trabalhos autônomos, que geralmente se passam em um presente alternativo ou em um futuro próximo. A série foi transmitida pela primeira vez na emissora Channel 4, no Reino Unido, em dezembro de 2011. Em setembro de 2015, a Netflix comprou a série, encomendando uma terceira temporada de 12 episódios,[2] no entanto, os episódios encomendados foram divididos em duas temporadas de seis episódios; a quarta temporada foi lançada na Netflix em 29 de dezembro de 2017. Em 5 de março de 2018, a Netflix confirmou a quinta temporada da série, ainda sem data de estreia. 

Fonte: Wikipedia

 

 

 

 

Uma série para quem não tem muito tempo disponível

Se você, assim como eu, estuda, trabalha e tem mil coisas para fazer, inclusive dormir, essa série é ideal por conta do seu formato: são temporadas super curtas, a primeira tem apenas 3 episódios, a terceira e a quarta 6 episódios que variam de 45 a 60 minutos. E ainda, os episódios são independes, então você não precisa ficar preso e viciado assistindo como a maioria das séries que estão disponíveis.

 

Uma série com temáticas que vão f* sua cabeça

Essa série também é para aqueles que amam temáticas que te fazem pensar,  mas em Black Mirror é tudo tão intenso e complexo que é impossível você sair “maratonando”, é outro nível. Acho que muito se deve aos assuntos abordados, porque mesmo com episódios independentes todos se voltam para a questão da tecnologia e o uso da internet num futuro distópico, mas que podem muito bem acontecer hoje e não no futuro. A internet e a tecnologia na série são tão essenciais e avançados que colocam em xeque a ética, moral e toda a sociedade e seus hábitos. A maneira com que as situações são colocadas e o desenvolvimento delas é extremamente chocantes, diria até que é impossível prever o final de cada episódio diante do “absurdo” das conclusões: os episódios têm como ponto de fundo discussões sobre política, racismo, privacidade, mídia, entre outros.

 

Por esse mesmo motivo é uma série que não agrada a todos logo de cara, muita gente acaba não gostando por assistir um episódio ou outro. Eu mesma depois de indicações de amigos achei muito bizarro no começo, mas fui assistindo aos episódios sem pressa no ano passado e terminei nessa semana e fui entendo qual era a proposta. Black Mirror vem realmente para chocar e deixa isso muito claro desde o princípio, e se você foi uma das pessoas que desistiram: peço encarecidamente que continue porque realmente vale muito a pena! 😉

 

Episódios preferidos

Mas mesmo adorando a série nem todos os episódios tiveram o mesmo efeito de choque e “inteligência” para mim. Vou listar então os meus preferidos:

  • 1ª temporada: The Entire History of You, mas também destaco o atuação de Daniel Kaluuya (o protagonista do filme Corra!) em Fifteen Millions Merits, mesmo que esse episódio não seja o meu favorito;
  • 2ª temporada: Be Right Back e White Bear;
  • 3ª temporada: Nosedive, Playtest, Shut Up and Dance e Hated in the Nation;
  • 4ª temporada: Arkangel, Crocodile, Hang the DJ e Black Museum.

 

É impossível falar muito de Black Mirror sem dar spoilers, mas é uma série que eu recomendo muito por todos os motivos que eu mencionei anteriormente! ❤ Porque isso tudo é muito black mirror! ❤

Outra série que parece que tem uma “pegada” semelhante à Black Mirror é Electric Dreams e que me chamou bastante atenção porque é baseada no livro homônimo de Philip K. Dick (Sonhos Elétricos em português). Os dez episódios estão disponíveis na Amazon Prime Video são inspirados nos contos do autor, envolvendo não só ficção científica e atmosfera distópica, mas também “uma viagem filosófica pela natureza humana”. Confiram o artigo completo no site da Revista Galileu 😉

 

Agradeço imensamente a todas as pessoas que me indicaram a série, pelas conversas sobre os episódios e por dividir as paranoias 😉 Black Mirror é diferente de tudo o que eu já tinha visto na vida! Se você já assistiu à série me diga nos comentários o que achou, quais seus episódios preferidos, vou adorar saber! 😉

 

Até o próximo post!

Camila Melo

 

 

Me acompanhem nas redes sociais *Skoob / *Instagram / *Facebook / * Filmow

14 Comentários

  1. Eu ainda vou ver… Mas no momento, tenho outras coisas à frente 🙂

    Curtir

    1. Oies! Ah imagino, tem tanta coisa legal pra ver e ler que é impossível dar conta de tudo, rs

      Curtido por 1 pessoa

      1. Ver, ler, pintar, escrever, passear, fotografar, brincar, …, rs xD

        Curtir

        1. Hahahaha exatamente! That’s the feeling 😉

          Curtido por 1 pessoa

  2. Não sou muito de séries, mas esta é uma das poucas que realmente tenho vontade de assistir! Uma grande amiga me indicou e eu gostei da proposta! 😉

    Curtir

    1. Oies! Só posso dizer: ASSISTA! Fico frequentemente perturbando meus amigos para que eles assistam tbm 😉 Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  3. Nossa, como eu amo essa série! Era cada tapa na cara que eu levava ao final de cada episodio! E realmente é como você diz: eu não conseguia maratonar. Via um por dia, porque o restante do tempo eu ficava criando paranoias e mais paranoias (porque cara, é muito assustador. Você assiste e pensa: não, isso não pode acontecer na nossa realidade.É muito absurdo! Mas um pouquinho a mais de tempo que você gasta pensando nisso, percebe o quão próximo da nossa realidade está).

    Curtir

    1. Oies Geo! Disse tudo, é uma realidade que está muito, mas muito próxima de nós… Só não gostei muito daqueles episódios com “criaturas” programadas para matar, como a dos cachorros e das baratas, pq não traziam uma perspectiva do caráter humano, sabe? rs

      Curtido por 1 pessoa

  4. […] também um post sobre a minha série favorita de todos os tempos: Black Mirror (confiram: [10 séries para 2017] | Black Mirror para f* com a sua cabeça). Além disso, eu assisti em torno de 12 filmes nesse mês, entre eles, o tão comentado […]

    Curtir

  5. […] para ontem, rs! E sim, considero Black Mirror a melhor série de todos os tempos, confiram: Black Mirror para f* com a sua cabeça ❤ Mas falando primeiramente sobre o livro, apesar de ser contos, eu estava um pouco apreensiva […]

    Curtir

  6. […] mais futurística envolvendo nós seres humanos e a tecnologia, não por acaso amo as séries Black Mirror, Electric Dreams e o filme Her, que acabam colocando em perspectiva relacionamentos amorosos de […]

    Curtir

  7. […] Black Mirror: [10 séries para 2017] | Black Mirror para f* com a sua cabeça […]

    Curtir

  8. […] finais. Eu não senti aquele impacto habitual que as temporadas anteriores me causaram (confiram: [10 séries para 2017] | Black Mirror para f* com a sua cabeça) mas depois do vídeo do Coxinha Nerd vi as diversas discussões e reflexões que Bandersnatch […]

    Curtir

  9. […] de semana eu assisti à 5ª temporada da série Black Mirror, disponível na Netflix. No post [10 séries para 2017] | Black Mirror para f* com a sua cabeça entre vários pontos que abordo sobre a série eu destaco o efeito Black Mirror que só tinha […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: