Especial Letras USP #1 | 7 coisas essenciais que você precisa saber

Oies Bookaholics!

Como prometido vou começar uma série de posts referentes ao curso de Letras na USP. O maior objetivo é tentar explicar como funciona não só o curso, mas também a unidade que o curso faz parte, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – FFLCH, e o universo chamado Universidade de São Paulo. Estudar na USP sempre foi um sonho para mim e poder compartilhar as minhas experiências e ajudar de alguma forma aqueles que compartilham do mesmo sonho será maravilhoso, afinal é um processo extremamente difícil e estressante, mas não impossível! 🙂

Especial Faculdade de Letras.png

Para começar, vou listar 7 coisas essenciais que não se aplica especificamente ao curso de Letras, mas a todos os cursos de graduação oferecidos pela USP, respondendo algumas perguntas que tenho ouvido desde que iniciei a minha jornada em 2015. Let’s go?!

 

1. Não há pagamento de mensalidades

A USP é uma universidade pública, isso significa que não há pagamento de mensalidades como uma universidade privada. Apesar de muita gente ter comentado a gafe da Emilly na edição de 2017 do BBB, muita gente pensa que o curso é pago. A USP é mantida pelo governo do Estado de São Paulo, a partir dos impostos, sendo o principal o ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços). A universidade é destaque mundialmente em ensino, pesquisa e extensão, concorrendo acirradamente ao título de melhor universidade da América Latina com a UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas).

Outra duas universidades paulistas estaduais são a UNICAMP  e UNESP (Universidade Estadual Paulista). Mas apesar do curso ser gratuito, não significa que o aluno não terá gastos aos longo de sua graduação, com material, alimentação e transporte.

 

2. Localização do campus 

O curso de Letras é oferecido na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – FFLCH, no campus da capital, na Cidade Universitária. Além deste, há também os campi no interior do estado, localizados nas cidade de Bauru, Ribeirão Preto, São Carlos, Piracicaba, Pirassununga e Lorena. Mas, cabe lembrar que nem todos os campi possuem todos os cursos disponíveis.

 

3. Formas de ingresso: FUVEST x SiSU

Atualmente a USP conta com duas formas de ingresso dos estudantes; o primeiro é o seu vestibular próprio, a FUVEST, sendo o vestibular mais concorrido do país. Composto por 90 questões alternativas na 1ª fase, e a segunda fase tem em média o total de 40 questões  dissertativas e uma redação, realizadas ao longo de 3 dias consecutivos. A segunda opção é a partir do ENEM, composto por 180 questões alternativas e uma redação realizadas em 2 dias, e aí, consequentemente o aluno pode tentar garantir sua vaga pelo SiSU (Sistema de Seleção Unificada). Em linhas gerais funciona dessa maneira, mas se vocês tiverem interesse e um aprofundamento maior nessa parte posso fazer um post mais específico e detalhado 😉

 

4. Bacharelado x Licenciatura

Outra dúvida frequente que já vi muita vezes é em relação ao tipo de graduação oferecida. Posso arriscar que 99,9% dos cursos da USP são do tipo de Bacharelado, isso é, mais opções de atuação no mercado. Já a licenciatura é mais voltada para aqueles que querem ser professores do ensino fundamental e médio. A USP tem o foco maior na área de pesquisa, mas também oferece a licenciatura para os cursos de graduação, porém isso é opcional para os alunos. A maioria das universidades públicas oferece o curso de Letras do tipo bacharelado, isso significa que aqueles que cursam Letras não necessariamente poderão dar aulas, e as disciplinas variam muito para quem cursa o mesmo curso numa universidade privada, em que o foco maior é a licenciatura.

 

5. Duração do curso

O curso de Letras tem duração inicial de 5 anos. Sim, 5 anos! Digo inicial porque depende da quantidade de créditos exigidos. Isso quer dizer que o aluno precisa cumprir uma quantidade de disciplinas (obrigatórias + optativas) para poder se formar, e aí cada um pode cumprir no seu ritmo, contanto que não ultrapasse 15 semestres (até 7 anos e meio no total), digo isso contando apenas a graduação. O legal é que além das disciplinas obrigatórias, o aluno pode focar em áreas que tenha mais interesse, tendo até a possibilidade de cursar disciplinas em cursos totalmente diferentes do seu dentro do campus. No meu caso, que curso dupla habilitação (explico melhor a seguir), preciso cumprir 185 créditos no total.

 

6. Ciclo Básico

O aluno ingressante no curso de Letras não passa já a estudar a língua que deseja, ele precisa passar pelo ciclo básico, que consiste em em primeiro ano totalmente introdutório. A maioria dos cursos de licenciatura já oferece a opção da língua no vestibular, mas na USP, precisamos “enfrentar” o ciclo básico para termos o direito de escolha, rs. O lado positivo é que temos uma visão geral de todas as áreas de estudos do campo de Letras, como teoria literária, linguística (compreensão do funcionamento da linguagem humana) e estudos clássicos. Por isso o curso tem a duração (inicial) de 5 anos e não 4, como na maioria das demais universidades. O ciclo básico é de extrema importância para a escolha da língua, ou melhor, da habilitação.

 

7. Escolha da Habilitação

Ao final do ciclo básico o aluno poderá se escolher a sua habilitação, e atualmente são 16 opções: Português, Alemão, Árabe, Armênio, Chinês, Coreano, Espanhol, Francês, Grego, Hebraico, Inglês, Italiano, Japonês, Latim, Russo ou Linguística. Há também a possibilidade de fazer habilitação única, ou seja, apenas uma língua; ou dupla habilitação, que no meu caso é Português-Inglês. Porém, como não há vagas suficientes em todas as habilitações para todos os 800 e poucos alunos que entram por ano, existe o ranqueamento: considerado o segundo vestibular para aqueles que cursam Letras. As notas obtidas no ciclo básico são o fator de critério para isso, sendo que as notas do 2º semestre tem peso maior, então, por isso que o ciclo básico é tão importante (além de ser uma base, obviamente).

O aluno se inscreve em até 7 habilitações, em ordem de preferência, e no segundo ano já começa estudar a língua e literatura que tiver nota suficiente para isso. As habilitações mais concorridas são o inglês e linguística (pelo menos desde do meu 1º ano); no inglês são disponibilizadas 120 vagas, 60 para o período da matutino e 60 para o noturno. Futuramente farei um post exclusivo sobre as particularidades do Inglês 😉  Tá, mas se o aluno não gostar e quiser mudar de habilitação? Terá que esperar o próximo ranqueamento e depender de vagas que sobraram, ou seja, se mais alunos também querem trocar.

 

Se vocês quiserem um pouco mais da história da Universidade de São Paulo, confiram esse vídeo:

 

Para maiores informações: USP  / FFLCH / Guia do Estudante

Qualquer dúvida, podem deixar nos comentários, farei o possível para responder e esclarecer qualquer ponto 😉

 

Até o próximo post!

Camila Melo

 

 

Me acompanhem nas redes sociais *Skoob / *Instagram / *Facebook / * Filmow

 

 

 

 

 

 

Publicidade

24 Comentários

  1. […] Antes de abordar as leituras, gostaria de relembrar os posts que rolaram nesse mês, como a indicação de 10 Perfis Literários Para Você Seguir no Instagram, as duas últimas séries que eu assisti na Netflix  [10 séries para 2017] Fuller House + The O.C. Um estranho no paraíso, e dois post sobre o curso de Letras (e sei que muitos gostam, rs): Diário da Faculdade | Aprendendo a respeitar os meus limites: sobre o 6º semestre no curso de Letras e Especial Letras USP #1 | 7 coisas essenciais que você precisa saber. […]

    Curtir

  2. Oiiii!!! Adoro o seu blog, adoro!!! Sobre essa coisa de “ranqueamento”, você disse ‘se o aluno não gostar e quiser mudar de habilitação e tals terá de esperar o próximo…’, quanto tempo depois é isso, você tem ideia? E vamos supor que o aluno não consiga de jeito nenhum entrar pra fazer a língua que sonha ou deseja, tem de estudar tudo de novo, ou esperar pra ver se alguém desiste? Desculpe tantas perguntas sobre a mesma coisa, rs… Estou no 2º ano do ensino médio e quero muito fazer Letras na USP 😀

    Curtir

    1. Oies! Sua linda seja muito bem vinda 🙂 Fico muito feliz que você goste do meu espaço, significa muito! ❤ Vou tentar deixar esse ponto mais claro: se o aluno quiser reranquear terá que esperar o ano seguinte (pq ranqueamento só ocorre uma vez por ano, no final mais especificamente) e aí depende do número de vagas dos alunos que desistiram. Por exemplo: depois do ciclo básico eu consegui a vaga no inglês, aí se eu quisesse mudar para o espanhol teria que esperar o próximo ranqueamento, mas sem a certeza de que iria conseguir a vaga. E Nesse meio tempo o aluno pode cumprir as disciplinas obrigatórias e optativas, porque tem uma quantidade de créditos para se formar. Na sua dúvida sobre o aluno não conseguir a vaga de jeito nenhum entendi que seria no 1º ranqueamento, certo? Se for isso, quando o aluno vai se inscrever para o ranqueamento ele pode colocar até 6 opções das línguas que deseja estudar, em ordem de preferência, assim se ele não passar na primeira opção automaticamente irá para a segunda opção, ou se preferir, espera o próximo ranqueamento. Entendeu? rs Fique à vontade para tirar todas as dúvidas (e espero fazer mais posts como esse). Te desejo boa sorte na FUVEST e no ENEM! Bjos da Cah! 😉

      Curtido por 1 pessoa

  3. Ahhh, I gotcha ^^ Super esclarecedora sua resposta, agora sim não tenho mais dúvidas \o/ É que pra quem está de fora essa coisa de ranqueamento parece tão complicada, mas é só chata então, hehe. Muito obrigada, Cah ❤

    Curtir

    1. Ahhh fico feliz em poder esclarecer, mas até para quem é “de dentro” há muitas dúvidas, rs a USP é universo novo que precisa ser explorado com guia shauhusa. E sim tem muita coisa burocrática e chata mesmo, rs Mas com o tempo dá pra se acostumar 😉

      Curtir

  4. […] Letras na Universidade de São Paulo 🙂 O primeiro (e único post até o momento) se destina às 7 coisas essenciais que você precisa saber, e o assunto em questão agora é o ciclo básico, o primeiro ano do curso, o ano […]

    Curtir

  5. Oi! Queria tirar uma dúvida com vc.. Na habilitação dupla Português-Inglês, quanto ao inglês, eu saio menos preparado que na habilitação única em inglês? Porque minha intenção é seguir carreira de docência em IF ou UF, e penso que talvez, pra esse caminho, a habilitação única talvez seja melhor..

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Fabricio! Penso que não, a diferença é que o conteúdo todo seria mais voltado à habilitação inglesa, além do ciclo básico ser obrigatório. No link a seguir vc pode ver melhor as disciplinas para habilitação única em Inglês: https://uspdigital.usp.br/jupiterweb/listarGradeCurricular?codcg=8&codcur=8051&codhab=804&tipo=N
      Espero ter ajudado! 😉

      Curtir

    2. Olá! Gostaria de saber se é possível trocar de período no curso de letras na usp e se isso é comum. Na hora da inscrição da fuvest coloquei matutino por causa da segurança, mas estou muito arrependida por ser uma pessoa que é muito mais ativa à noite. Nenhum lugar que procurei fala sobre isso e gostaria que pudesse me esclarecer.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Oies Thayna, durante o primeiro ano acho que não tem condições, a não ser em casos devidamente justificados, mas depois é possível mudar sim. Eu inclusive ingressei no período noturno e nos dois últimos anos me matriculei em disciplinas no período matutino 😉

        Curtir

  6. oii, eu ainda não entendi muito bem a diferença da habilitação dupla e a básica? vc pode explicar melhor por favor??
    e linguística é realmente muito concorrida??
    Eu posso fazer uma habilitação, mas escolher optativas de outras línguas de outras habilitações?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Karina! Seguinte: a possibilidade de fazer habilitação única, ou seja, apenas uma língua; ou dupla habilitação, que no meu caso é Português-Inglês, significa que se vc por exemplo for fazer só a habilitação em Português, só terá como matérias obrigatórias as matérias do Português, fora as matérias optativas. Com a habilitação dupla são exigidas disciplinas obrigatórias nas duas, entendeu?

      Linguística e inglês continuam sendo as mais concorridas, mas nada impossível. E lembrando que nesse caso só é possível fazer habilitação dupla Português-Linguística.

      E sim, vc pode cursar disciplinas de outras habilitações, eu pelo menos já cursei disciplinas de Teoria Literária, Africana e Russa, além de uma de Editoração na ECA (outra unidade), mesmo porque para conclusão do curso são exigidos uma quantidade de créditos (disciplinas) obrigatórias (independente se habilitação única ou dupla), optativas eletivas (que são as dentro do seu próprio curso e unidade) e as optativas livres (outra unidade da USP).

      Curtir

  7. Obrigada por responder!! Ainda estou em dúvida sobre qual habilitação ainda quero, mas você tirou muitas dúvidas minhas. Obrigada! Encontrei seu blog recentemente e estou adorando ❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. Imagina! Quando vc ingressa na Letras tem todo o primeiro ano para decidir qual habilitação cursar, inclusive há palestras com alunos e professores para ajudar, eles dão os relatos de suas experiências, não só da habilitação, como mercado de trabalho e tals. É bem legal e útil 😉
      Fico feliz por ter te ajudado ❤

      Curtir

  8. Vagner Domingues da Silva · · Responder

    Olá tudo bem? Amei o seu canal quero fazer Letras na USP, espero entrar agora em 2020 se tudo der certo. Estou em dúvida entre Português e Grego ou Português e Linguística. Penso em seguir carreira acadêmica existe incentivo pra isso?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Vagner! Fico feliz que vc tenha gostado do conteúdo que produzo aqui 🙂 Torcendo para que vc consiga ingressar no ano que vem, vai com tudo!!! E não se preocupe, você terá todo o primeiro ano para você escolher a habilitação 😉 Sobre a carreira acadêmica, além da licenciatura (que na verdade é focada na educação básica), uma das formas de seguir carreira acadêmica é a partir de pesquisas, para isso tem os projetos de iniciação científica ainda na graduação e depois o mestrado, doutorado, pós-doutorado… Por mais que atualmente algumas bolsas estão sendo contingenciadas, há possibilidade de conseguir bolsas a partir de instituições de fomento, como a FAPESP, CAPES, CNPq etc.

      Curtir

  9. Oi, tudo bem? Encontrei o seu blog quando procurava mais informações sobre o curso de Letras e este post foi muito explicativo! Só tenho uma dúvida: eu já sou formada em letras (bacharel em tradução pela Unesp em francês e italiano) e queria fazer uma segunda graduação na Usp em outro idioma. Gostaria de saber se eu passar no vestibular é possível, nesse caso, pedir o aproveitamento de estudo para as disciplinas do primeiro ano ou sou obrigada a cursar o ciclo básico para poder escolher a habilitação independente de ser diplomada?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies! Primeiramente seja muito bem-vinda Yasmin e fico feliz do meu blog ter te ajudado 😉 Então, muito provavelmente vc poderá fazer aproveitamento de estudo, mas não sei ao certo se conseguirá eliminar todo o ciclo básico e nesse caso como ficaria a escolha da habilitação. Aconselho a vc a entrar em contato com a Seção de Alunos da Letras, com certeza eles conseguirão te auxiliar melhor 😉

      Curtir

  10. Olá, quero fazer dupla habilitação, mas preciso trabalhar também, queria saber se a dupla habilitação pode ser só no período noturno.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies Sarah! Depende da habilitação que vc quer fazer, porque tem algumas que só tem no período da manhã como o russo, hebraico, armênio… Português tem nos dois períodos, mas se vc for optar por uma língua mais “tradicional” tem nos dois períodos 😉 Boa sorte!

      Curtir

  11. Carlos Augusto Nascimbene · · Responder

    Legal, gostei. Pode me chamar no zap? Tenho um caminhão de dúvidas… 16 9 9199 1792

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies, fico feliz que vc tenha gostado. Me chama por dm no Instagram ou na página do blog no Facebook, okay? Os links estão no final do post 😉

      Curtir

  12. Olá! Por favor, você sabe a média da nota para concorrer à habilitação em Linguística? Obrigado!

    Curtir

    1. Oie, cada ano é uma nota… Pq tem uma média doida lá 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: