Mochilão 2017 | Um dia em Poços de Caldas – Minas Gerais

Oies Bookaholics!

Hoje quero trazer um post diferente de tudo que já fiz aqui no blog, e, espero muito que vocês gostem. 🙂 Na semana passada, especificamente no dia 25 de março, eu viajei para a cidade de Poços de Caldas, que fica ao sul do estado de Minas Gerais e precisa compartilhar com vocês!

Há alguns motivos que justifiquem o meu desejo de falar sobre essa viagem por aqui, já que a maior parte do conteúdo do blog é sobre livros. Primeiro porque pasmem, ao longo dos meus quase 27 anos, eu nunca, repito, eu nunca saí do estado de São Paulo! E o outro motivo foi a experiência maravilhosa da viagem.

Uma das minhas metas pessoais para esse ano, era o Projeto Mochilão 2017, e que eu com certeza vou conhecer lugares diferentes, e de preferência, fora do estado. Vocês podem se perguntar: “Mas por que você nunca viajou, Camila?” Eu acredito que primeiro por medo, a questão financeira, tempo, não ter companhia e afins… Mas isso mudou! 🙂

Agora vamos falar de fato da viagem, rs

Como a minha ideia é de conhecer lugares diferentes sem gastar muito, desde o ano passado tenho acompanhado algumas empresas de turismo com uma “pegada” mais característica de mochilão. Em fevereiro a empresa Muchileiro Turismo divulgou a viagem para Poços de Caldas para o mês de março e eu me interessei muito. Chamei duas amigas, mas no fim, apenas uma conseguiu ir (Amanda em Julho partiu Paraty ❤ ).

Claro que ficamos apreensivas, porque não conhecíamos a empresa e fomos pesquisar no Reclame Aqui e não achamos nenhum problema muito sério. Fizemos o depósito e torcemos muito para que nada atrapalhasse nossa experiência. A viagem durava apenas um dia em que conheceríamos a cidade e seus pontos turísticos, por apenas R$ 120, sem almoço incluso ou qualquer refeição incluso.

No dia 25, saímos do Terminal Tietê por volta das 7 da manhã, precisei madrugar porque moro na região Oeste da cidade e o terminal na região Norte, mas ainda assim, fiquei muito empolgada.

17498762_1373809502682316_7570240200329178815_n.jpg

(Minha amiga Aline e eu no ônibus) 

Depois de quase 4 horas de viagem e uma parada obrigatória em Mogi Guaçu (São Paulo), alguns cochilos, conversas, risadas e filme, chegamos em Poços de Caldas! A excursão contou com dois guias turísticos, uma da guia da empresa e o guia regional, que apelidou a nossa turma de “sensação” hahahaha.

Fomos para o primeiro ponto turístico: a Represa Bortolan, sendo possível passear de escuna (tipo de um barco que eu não conhecia, rs) e/ou pedalinho. Outro detalhe importante é que as atrações também não estavam inclusas no valor da viagem, mas em média, custavam R$ 10. Não fomos em nenhum dos passeios, e só de chegar perto da água, eu me sentia desconfortável, para não dizer aflita, rs …

17498774_1373401469389786_4287688031032152873_n

(Olha o azul desse céu, não é apaixonante? ❤ )

17309639_1373401419389791_6650567439409904800_n

Aproveitei para provar a pamonha da cidade, numa barraca em que o dono muito simpático nos perguntou números para jogar na Mega Sena e de onde éramos, rs

17499207_1373809429348990_3743170211278528833_n.jpg

(Eu amo doces e achei a pamonha muito doce, mas maravilhosa!) 

Como várias pessoas foram fazer o passeio de escuna, a viagem atrasou um pouco e precisamos ir almoçar antes de ir para o próximo ponto turístico. O almoço foi no Restaurante Fazenda do Osório e podíamos desfrutar da comida mineira à vontade, inclusive as sobremesas, o valor fechado era de R$ 30, e eu gostei muito, apesar de algumas pessoas acharem alguns pratos sem sal, rs. Eu não tenho quase nenhum tipo de restrição com comida, mas eu preferi evitar comer carne de porco e maionese, nunca se sabe não é? rs

17342773_1373401589389774_1132775973280242846_n.jpg

(Eu acho que exagerei: arroz, feijão tropeiro – muito bem temperado, frango cozido, quiabo refolgado, berinjela em conserva, abóbora, salada de agrião, pepino e tomate)  

Eu passei pela mesa dos doces babando, o cheiro de cravo e canela eram divinos, mas depois de comer a pamonha e os doces cheguei à conclusão que os mineiros tem a “mão um pouco pesada” no açúcar, rs … Como eu disse, eu amo doces, mas estava muito doce, tanto que peguei apenas um pouco para experimentar, rs

17553847_1373401642723102_3959465775713459435_n.jpg

(Sobremesas: doce de banana, doce de leite, doce de goiaba, doce de abóbora, doce de mamão, maçã e pera em conserva e uva para deixar mais light, rs)

O restaurante deu um doce para que fosse sorteado entre as pessoas da excursão e chamaram meu nome, mas tinham duas Camilas, tiramos par ou ímpar e minha xará levou a melhor, hahaha… Foi muito engraçado, porque pensei que fosse a única!

Mal terminar de almoçar fomos para o próximo ponto turístico: a Cachoeira Véu das Noivas, um dos lugares mais incríveis que gostei de conhecer. ❤ ❤

17426039_1373401806056419_8967742606077108246_n

17424827_1373402022723064_5624197375141145092_n

17498513_1373401929389740_2448027894095828899_n

17499041_1373402429389690_600067853361589186_n

(Cachoeira Véu das Noivas… E o medo de um passinho a mais para trás onde fica? kkk) 

Eu me senti tão em paz, uma sensação tão boa, tão calma, acho que era mesmo isso que precisava…

17457779_1373402099389723_3733865156252169699_n.jpg

17553961_1373403029389630_6744861422582923227_n.jpg

17553702_1373809146015685_1400733143442724746_n.jpg

Seguindo o cronograma, as próximas atrações seriam visitas a uma casa de queijos, doces e vinhos, e em seguida, uma casa de produtos medicinais. E aí eu meio que me decepcionei, rs Vou explicar o motivo: quando diz que é uma visita a uma casa com esses produtos, eu logo pensei que seria um armazém, onde veríamos a produção, mas não, rs… Foi apenas uma “pequena loja” para comprarmos produtos. Eu cheguei a comprar doce de leite e um doce de mamão para a mamis, mas esqueci de tirar a foto e não tem mais doce em casa hahaha. Detalhe que na casa de produtos medicinais nós nem descemos do ônibus hahaha.

Aproveitando para dizer que o ônibus nos acompanhou em todo lugar e tinha ar condicionado, lá estava muito quente, mas o wi-fi não funcionou, rs … Ainda bem!

Como tivemos alguns pequenos atrasos dois passeios ficaram comprometidos por conta do horário: o teleférico e a Casa do Japonês, preferimos o teleférico 🙂 O passeio do teleférico custava R$ 25, mas estudantes pagam meia entrada 🙂

17523287_1373808909349042_4522889144007480974_n

(O teleférico tem cerca de 1,5 km do chão ao topo e ai que agonia, rs) 

Quando chegamos ao topo, a vista é incrível 🙂 Fiquei com sensação de que o que é o ser humano em meio a lugares assim, não somos nada!

17498726_1373403236056276_7304528241179353072_n

(Serra São Domingos)

17458265_1373403269389606_7232697541859743211_n

(Serra São Domingos … Uma visão além da cidade de Poços de Caldas)

17498888_1373403319389601_8983434572084617064_n

17425035_1373809119349021_8963061661691667235_n

(Não se enganem não andei em toda trilha, só parei para tirar a foto mesmo!)

17523641_1373403449389588_3359982468799498581_n

(Ahh o Cristo Redentor…) 

Voltamos do teleférico e como tínhamos um tempo para encontrar com o pessoal para a volta a São Paulo, andamos pelo centro da cidade, e me apaixonei pela praça, o clima bem típico do interior, bandas cantando no coreto e pessoas dançando…

17522623_1373404506056149_4294899063609442335_n

(Vibe da tranquilidade…)

17458236_1373404602722806_7964742582703277729_n

(Vou compartilhar uma história bem fofa: era por volta das 17 horas e estávamos sentadas relaxando, uma menininha de aproximadamente 2 anos andava com a avó pela praça e quando viu a fonte ficou apontando e perguntando cadê a água. A avó, disse que não tinham ligado; depois de um tempo, a fonte é ligada e expressão da menininha foi a coisa mais fofa, ela sorria, pulava e aplaudia, impossível não se contagiar com a felicidade por uma coisa tão simples, para gente, mas tão grande para ela. ❤ )

17424826_1373404442722822_2169831703680325464_n

Uma curiosidade é que a Rede Globo gravou a novela Alto Astral (2014) na cidade, e vários pontos turísticos são cenário da trama! ❤ Infelizmente não conseguimos ir ao Recanto do Japonês, e no relógio floral, mas em maio eu voltarei à cidade para a Flipoços ❤

A volta para São Paulo levou quase 5 horas, mas foi muito gratificante. Eu adorei a viagem, os lugares, conheci outras pessoas e o clima foi muito agradável. A turma que participou da viagem foi bem mais família, então foi muito tranquilo.

Eu recomendo esse tipo de viagem, porque acaba sendo mais econômico, e dá para curtir bastante, mesmo sendo em um único dia e em outro estado. Estou muito ansiosa para as próximas viagens, porque realmente vicia! Quero muito agradecer a minha amiga Aline pela companhia nessa primeira viagem de muitas, e a organização da Muchileiro Turismo, superou as minhas expectativas! Não poderia deixar de agradecer a Bia do blog Books and Birds pelas dicas e motivação, em maio vamos aproveitar muito! ❤

Sou muito grata a Deus por me proporcionar um dia tão maravilhoso, o clima estava lindo, havia previsão de chuva, mas ainda bem que não choveu porque não conseguiríamos fazer muitos passeios. Sou grata a Deus pela experiência de conhecer um pouco mais das suas maravilhas, por me dar capacidade de vencer meus medos e limitações, por me fazer avençar, e por me levar e trazer em paz!

Se quiserem ver mais fotos desse dia maravilhoso, deixei o álbum no Facebook aberto ao público 😉

Até o próximo post!

Camila Melo

Me acompanhem nas redes sociais *Skoob / *Instagram / *Facebook / * Filmow

 

 

 

Anúncios

9 Comentários

  1. fagulhadeideias · · Responder

    Obrigada por compartilhar conosco a sua viagem. Agora que tomou o gostinho desejo que seja a primeira de muitas mais!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oies! Muito obrigada pelo carinho, espero que venham muitas 🙂 ❤ Bjos

      Curtir

  2. Oiii Cah, fiquei tão feliz em saber que conheceu Poços, é uma cidade tão importante para mim ❤ Sinto como se a mesma fosse minha cidade natal, desde muito nova que vou para lá e o que me mais surpreende além do clima agradável e as pessoas, é que sempre há algum evento diferente, é a perfeita união da tranquilidade do interior com a agitação das grandes cidades.
    Estou super ansiosa para nos vermos em maio, vou poder te apresentar mais alguns lugares imperdíveis, hihi 🙂
    Que seu ano seja repleto de boas experiências!
    Beijos ❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. Aiii Bia foi como vc disse, a cidade é apaixonante! Não vejo a hora de voltar! 😉 Bjos ❤ ❤

      Curtido por 1 pessoa

  3. Tábata Uchoa · · Responder

    Oie! Que legal!!! Que essa seja a primeira de muitas viagens ❤ Adorei as fotos!!!! Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito obrigada Tábata! Espero meso que seja a primeira viagem! 🙂 Bjos ❤

      Curtido por 1 pessoa

  4. […] Um dia em Poços de Caldas – Minas Gerais: no mês de março eu também realizei mais uma das minhas metas para o ano e finalmente saí do estado de São Paulo! 🙂 A viagem foi maravilhosa e vocês podem conferir os detalhes no blog! […]

    Curtir

  5. […] não conhecia o evento, e depois de ter conhecido a cidade no mês de março (confiram no post Mochilão 2017 | Um dia em Poços de Caldas – Minas Gerais), fiquei bem ansiosa para voltar. Mesmo porque a Bia (Books and Birds), que mora em Minas Gerais, […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: