Resenha | Férias! (Rachel Walsh), Por Marian Keyes

Oies BOOKAHOLICS! Com o mês quase acabando vim trazer  segundo livro do projeto de (Re)Leitura: Série Família Walsh – Por Marian Keyes. 🙂 Para quem não viu o primeiro livro da série já tem resenha aqui no blog, podem conferir as minhas impressões sobre o livro Melancia 😉

Uma informação muito importante que não mencionei ainda é que: por mais que façam parte de uma série, os livros não dependem um do outro, a não ser pelo tempo cronológico, já que em cada livro a história de uma irmã Walsh é contada, e as outras são apenas personagens secundárias, quase não aparecem e são apenas citadas para deixar o leitor a par de suas vidas. 

KEEP CALM: NÃO HÁ SPOILERS NESSA RESENHA!

DESAFIO ANUAL: 29/50

FAMÍLIA WALSH – LIVRO II

férias

  • Título original: Rachel’s holliday
  • Lançamento: 1998 – Lançamento Brasil: 2004
  • Editora: Bertrand Brasil
  • 559 Páginas
  • Classificação: 4/5

Sinopse: Rachel Walsh tem 27 anos e a grande mágoa de calçar 40. Ela namora Luke Costello, um homem que usa calças de couro justas. E é amiga – pode-se mesmo dizer muy amiga – de drogas. Até que a sua vida vai para o Claustro – a versão irlandesa da Clínica Betty Ford. Ela fica uma fera. Afinal, não é magra o bastante para ser uma toxicômana, certo? Mas, olhando para o lado positivo das coisas, esses centros de reabilitação são cheios de banheiras de hidromassagem, academia e artistas semifissurados (ao menos ela assim ouviu dizer). De mais a mais, bem que já está mesmo na hora de tirar umas feriazinhas. Rachel encontra mais homens de meia-idade usando suéteres marrons e sessões de terapia em grupo do que poderia supor a sua vã filosofia. E o pior é que parecem esperar que ela entre no esquema! Mas quem quer abrir as janelas da alma, quando a vista está longe de ser espetacular? Cheia de dor-de-cotovelo (o nome do cotovelo é Luke), ela busca salvação em Chris, um Homem com um Passado. Um homem que pode dar mais trabalho do que vale… Rachel é levada da dependência química para o terreno desconhecido da maturidade, passando por uma ou duas histórias de amor, neste romance que é, a um tempo, comovente, forte e muito, muito engraçado.

  • Tempo cronológico na série

A história de Rachel no livro Férias! se passa 2 anos após a história de Claire em Melancia.

  • Personagem principal 

Rachel é a filha do meio da Família Walsh e comparando-a com Claire (Melancia) eu gostei dela, mas não ao ponto de adorá-la, rs. Rachel não mora na casa dos pais em Dublin (Irlanda) desde os 20 anos, e mora em Nova York com a sua amiga de infância Bridgit. Assim como Claire, Rachel também tem uma paixão por livros ❤

“Minha “coleção” de livros me encabulava – oito livros não chegam a constituir uma coleção. Mas o fato é que eu não precisava de mais nenhum. Raramente encontrava algum livro que me dissesse alguma coisa e, mesmo quando isso acontecia, levava mais ou menos um ano para lê-lo. Em seguida, relia-o outra vez. Depois lia um dos que já tinha lido um milhão de vezes. E voltava ao primeiro.  E o lia de novo.  Sabia que não era essa a abordagem normal de um texto literário,  mas não havia nada que eu pudesse fazer.” (Pág.  252)

Mas apesar disso, Rachel tem um sério problema com sua imagem e sua auto-estima, quer ser uma pessoa “descolada” nos padrões que ela considera ser da alta elite nova iorquina, chegando a ter várias passagens de uma pessoa muito fútil e frívola, o que me fez não gostar tanto dela.

“Sempre detestei ouvir o que as pessoas pensavam de mim. Minha vida inteira fora uma tentativa de fazer com que as pessoas gostassem de mim, e era difícil ouvir a extensão do meu fracasso.” (Pág.  384) 

 

  • Por que Férias!?

“Depois de pensar bem no assunto,  um centro de reabilitação me pareceu uma boa ideia.  Uma ótima ideia.  Eu não tirava férias há séculos. Bem que andava precisada de um descanso, um pouco de paz e serenidade… Já me fantasiava passando horas a fio sentada, envolta numa toalha enorme. Imaginava a sauna, as massagens, as sessões de talassoterapia,  os tratamentos à base de algas, esse tipo de coisas. Eu comeria frutas e mais frutas,  prometi a mim mesma, nada mais do que frutas,  legumes e verduras. E beberia litros de água,  pelo menos oito por dia. Para dar uma boa descarga no meu organismo,  purificá-lo. ” (Págs.  19 e 20)

Rachel pensa que o centro de reabilitação em que será internada é um verdadeiro spa e acredita que o tempo de 6 semanas que passará no Claustro será o período de férias que ela tanto necessita.

 

  • Tema abordado

Neste segundo livro da série o foco abordado é a dependência química. Rachel é viciada me drogas, é uma toxicômana, e não aceita que é uma dependente, a situação se agrava após a mulher ter uma overdose. Rachel se vê obrigada a voltar para Dublin e se internar numa clínica de reabilitação, o Claustro. Esse é um dos livros que mais tem influência da vida pessoal da autora que já sofreu depressão e foi viciada em álcool e drogas. Marian Keyes descreve a passagem de Rachel durante o período em que é internada, tendo contato com outros dependentes não só em drogas, mas também em álcool, jogos, comidas etc. Há vários trechos para mostrar o comportamento dos dependentes: negação, aceitação, raiva, tristeza, medo, e a partir das sessões em grupos com a psicoterapia há uma busca para que esses dependentes consigam entender a raiz de seus problemas e como tentar resolvê-los sem buscar os vícios como saída. O livro apesar de ter várias cenas de humor, típico de Marian Keyes, é muito pesado e triste, pois ver até que ponto o vício consegue mover a vida e as ações de uma pessoa é muito agoniante ver o quanto a pessoa se ilude e não consegue enxergar os riscos à própria vida.

“Esse era o barato da cocaína.  Sempre acontecia alguma coisa maravilhosa quando a gente cheirava. Ou conhecia um homem,  ou ia à festa de alguém,  ou alguma outra coisa.  A coca impulsionava a minha vida. E, quanto mais eu cheirava, mais excitantes os resultados.  (Págs.  239 e 240)

Uma informação importante é que o Claustro não existe, a autora fez uma pesquisa sobre centros de reabilitação para desenvolver a história.

 

  • Outros personagens

Para não dar spoilers sobre o primeiro livro e o segundo, não vou citar as novidades nas vidas dos demais membros da Família Walsh 😉

Luke Costello: é o namorado de Rachel, também mora em Nova York, mas é de Dublin. Divide o apartamento com mais 4 amigos e são considerados como os “homens-de-verdade”, por terem um estilo único de se vestir, corte de cabelo peculiar, usam camisas com bandas de rock dos anos 60 e 70. Ao longo da história percebemos o quão carinhoso e doce ele é, sim, me apaixonei! ❤

Margareth Walsh: a segunda irmã da família, é a filha perfeita e Rachel a considera “odiosamente certinha”, mora em Chicago com Paul que ninguém da família gosta. Eles que levam Rachel de volta à Irlanda para ser internada.

 

  • Estilo de escrita da autora

Como no primeiro livro, a história de Rachel também é narrada em primeira pessoa, e nesse caso foi tão bom para o tema desenvolvido porque temos acesso a todos os pensamentos e percepções da mente de um dependente, suas crises e seus vícios. A história é narrada no tempo presente, mas várias passagens no passado de Rachel em Nova York e até mesmo de sua infância conseguem explicar o que levou a protagonista a acabar numa clínica de reabilitação.

O livro é um dos maiores da série, mas passar pelas quase 600 páginas foi uma experiência muito válida, já que o livro aborda sobre dor, traumas, vícios, perdão, motivação e superação. Acredito que dessa vez absorvi muito mais a história do que a primeira vez que li em 2010, sim 6 anos fazem muita diferença, rs 😉

Eu super recomendo essa história! ❤

“Uma pessoa é tão doente quão mais doentios forem os seus segredos.” (Pág.  222)

Aguardem que o próximo livro do projeto é “Los Angeles” que eu já comecei a ler e se tudo der certo terá resenha no mês de Julho, principalmente agora que estou mais empolgada porque a autora virá para a Bienal do Livro 2016  ❤ ❤ ❤

Até o próximo post!

Camila Melo 

 

Anúncios

15 Comentários

  1. já li esse e amei! Recomendo!!! bjs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Mais uma que amou! ❤ Bjos da Cah!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Eu não li nenhum livro da Keyes, mas pela resenha a proposta de “um livro por irmão” me parece a série Redenção… Tema que envolve vícios é sempre muito pesado, mas esse livro parece ser tão bom que esse “peso” nem incomoda, deve ser necessário. Parabéns pela resenha!

    http://reclusidadesdiarias.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ann eu super recomendo os livros da Marian Keyes, sou apaixonada pelas histórias dela! ❤ Muito obrigada pelo carinho, assim que ler um livro da Marian Keyes me conta! 🙂 Ficarei muito feliz 🙂 ❤ Bjos da Cah

      Curtido por 1 pessoa

  3. Sou super fã dela 🤓

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obaaaaa! 🙂 Somos duas então 😉 Bjinhos

      Curtido por 1 pessoa

  4. […] livro do projeto de (Re)Leitura: Série Família Walsh – Por Marian Keyes. Na resenha de Férias! falo sobre as minhas experiências e expectativas ao conhecer a história de Rachel […]

    Curtir

  5. […] tenham visto as resenhas do primeiro livro da série, Melancia (Claire Walsh) e o segundo livro Férias! (Rachel Walsh) já estão disponíveis […]

    Curtir

  6. […] No segundo livro da Série Família Walsh, conhecemos Rachel que mora em Nova York e tenta ser uma das pessoas super descoladas, mas no fundo ela tem tanto problema com a sua auto estima que busca nas drogas e álcool. Mais detalhes na resenha 😉 […]

    Curtir

  7. […] Série Família Walsh – Por Marian Keyes e após as leituras de Melancia (Claire Walsh), Férias! (Rachel Walsh) e Los Angeles (Maggie Walsh) vamos conhecer a história de Anna Quando li em 2010, esse livro […]

    Curtir

  8. […] Rolou muitas lágrimas e emoção, quando uma leitora disse que se era uma Rachel e que o livro Férias! conseguiu ajudá-la com sua depedência química! […]

    Curtir

  9. […] dos seis livros da série eu acabei lendo apenas quatro, sendo eles:  Melancia (Claire Walsh) / Férias! (Rachel Walsh) / Los Angeles (Maggie Walsh) e Tem Alguém Aí? (Anna Walsh). Eu quero muito finalizar este […]

    Curtir

  10. […] – Férias! – Rachel Walsh (Marian Keyes) – Série Família Walsh […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: