Resenha | Eu Sou Malala, Por Malala Yousafzai

DESAFIO MULHERES NA LITERATURA – 2016

Oies BOOKAHOLICS como eu disse neste post esse mês de março será dedicado à leitura de livros de mulheres que inspiraram ou inspiram o mundo. Minha primeira leitura foi desse livro fantástico de não-ficção que tinha certeza que mexeria muito comigo, só não esperava que mexesse tanto.

DESAFIO ANUAL: 11/50

e sou malala

  • Título Original: I am Malala: The Girl Who Stood Up For Education And Was Shot By The Taliban
  • Autora: Malala Yousafzai
  • Lançamento: 2013
  • Editora: Companhia das Letras
  • 360 Páginas
  • Classificação: 5/5 ❤

 

 

A luta é grande. No mundo existem 57 milhões de crianças fora da escola primária. Delas, 32 milhões são meninas. É triste, mas meu país,  o Paquistão,  ocupa um dos piores lugares: 5,1 milhões de crianças não vão sequer à escola primária,  mesmo que na nossa Constituição esteja escrito que toda criança tem esse direito.  Há quase 50 milhões de adultos analfabetos, dois terços mulheres – como minha própria mãe.  (Pág. 326)

Em 2014, Malala Yousafzai, ais 17 anos, recebeu o prêmio de Nobel da Paz, pela sua luta pelo direito à educação feminina.  A paquistanesa foi a mais jovem a receber o prêmio,  juntamente com o indiano Kailash Satyarthi.

O livro vai muito além de uma biografia, é um livro tocante, motivador e inspirador sobre luta, quebra de paradigmas e preconceitos.

Prefiro receber com honra seu corpo crivado de balas a ter notícias de sua covardia no campo de batalha. (Poema tradicional pachto – Pág.  19)

O tema central do livro é uma abordagem à proibição das mulheres ao direito de receber educação formal, porém há outras questões que também são relatadas,  como a cultura no Oriente Médio, principalmente devido à religião,  a política e a influência do ataque às Torres Gêmeas em 2001 nos Estados Unidos.

A minha experiência no decorrer da leitura foi de choque,  se aqui no ocidente,  nós como mulheres,  já enfrentamos tantos preconceito, imagina num lugar onde uma mulher só tem a função de cuidar da casa e procriar, que mulheres são obrigadas a usar burca e nem podem ficar com o rosto descoberto, de mulheres que são açoitadas publucamente se estiverem andando na rua, eu disse andando, com um homem que não for seu parente.  Ou para chocar ainda mais de mulheres que são assassinadas por desistirem do marido que as agride num casamento arranjado.  😦 Poderia citar várias passagens, mas são tantas que meu coração até se aperta só em relembrar.

O contexto histórico do país,  as suas incessantes lutas e guerras internas e externas, o controle do Talibã e os desastres naturais tecem o livro de uma forma que cheguei a pensar em quanta desgraça as pessoas que moram nesse lugar são obrigadas a enfrentar todos os dias a tanto tempo.

Malala foi muito além das leis impostas pelo seu direito de ir à escola pelas mulheres do Paquistão,  que “pagou” com três tiros,  um na cabeça.  Parece até um filme por ser uma realidade tão distante da que vivemos, dos direitos e liberdade que possuímos. A jovem fez sua voz ecoar em todo mundo, levando seu clamor sobre as condições das mulheres no país,  além de desenvolver um fundo de apoio, em que podemos fazer doações.

O livro também me refletir muito em algumas questões:

  • Como reclamo tanto de um problema pontual quando milhões de pessoas sofrem muito mais?
  • O que eu tenho feito para mudar uma situação?
  • Qual o legado que vou deixar na Terra?

O livro é bastante pesado mas é um livro que todos devemos ler, e eu super recomendo!

Malala Yousafzai representa  mais que um exemplo, é o registro de um legado,  de uma missão,  de uma luta, de persistência e perseverança,  de conquistas!

Até o próximo post!

Camila Melo 

 

Anúncios

14 Comentários

  1. Nossa Ca, adorei a resenha! Ouvi muito (bem) sobre esse livro e to louca para ler 😉

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim é fantástico! Super recomendo 😉 Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  2. Noss não sabia que esse livro era assim. Já li “Cidade do Sol” porém é de ficção, mas conta exatamente sobre a vida dessas mulheres no Afeganistão. Já vou adicionar ele a minha lista, fiquei muito curiosa!

    Adorei a resenha!!

    Bjuss

    https://colecionandohistoria.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada Raquel, eu super recomendo, é uma história real muito forte e tocante. Vou adicionar “Cidade do Sol” na minha listinha, obrigada pela recomendação. 😉 Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  3. Nossa Ca, simplesmente amei tua resenha!! Fiquei ainda mais curiosa para ler este livro e pude saber mais a fundo do que se trata… adorei *-* parece ser incrível mesmo!
    Um beijão ❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. Naty é muito tocante, por vários momentos tive que segurar as lágrima 😦 Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  4. […] livro I-N-C-R-Í-V-E-L! Triste, pesado e muito inspirador. Para saber mais basta conferir a resenha no […]

    Curtir

  5. Sim, esse livro é incrível e eu me arrepio só de lembrar! Ótima resenha, parabéns!

    https://reclusidadesdiarias.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

    1. É muita coragem e determinação dela! Obrigada! ❤

      Curtido por 1 pessoa

  6. […] Mais detalhes na resenha de Eu Sou Malala – Por Malala Yousafzai ❤ […]

    Curtir

  7. […] esse livro no ano passado e se tornou de um dos meus livros preferidos da vida! Confiram a resenha completa desse livro incrível […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: